Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco pega Ceará e quer confirmar vaga na Sul-americana

Equipe carioca precisa de um simples empate para garantir vaga na Copa Sul-Americana de 2011. Ceará apenas cumpre tabela

Gazeta Esportiva |

O Vasco se despede do Campeonato Brasileiro neste domingo, às 17h (de Brasília), quando recebe o Ceará, em São Januário, pela última rodada da competição. Com 46 pontos, o Cruzmaltino, que vem de derrota de 2 a 0 para o Corinthians, precisa de um simples empate para garantir vaga na Copa Sul-Americana de 2011, onde os cearenses estarão, já que, com 47 pontos, confirmaram a classificação no fim de semana passado, no empate por 1 a 1 com o Atlético-PR, no Nordeste.

Caso o Vasco seja derrotado pelo Ceará terá que torcer por um desses resultados: derrota do Atlético-MG para o São Paulo, na capital paulista; tropeço do Avaí contra o Atlético-PR, em Curitiba; ou tropeço do Flamengo diante do Santos, na Vila Belmiro, em Santos. Essas possibilidades, porém, não fazem parte dos planos dos jogadores vascaínos, que esperam deixar o Brasileirão com uma vitória.

"Para nós até mesmo o empate não será considerado um grande resultado, mesmo nos dando a classificação para a Copa Sul-americana. Falo isso não como um desrespeito ao Ceará, que conta com todo o nosso respeito. Mas porque vamos atuar em nossa casa e queremos terminar a competição da maneira mais digna possível" explicou o goleiro Fernando Prass.

O arqueiro vascaíno, que será o único jogador do elenco a participar de todos os 38 jogos do cruz-maltino neste Brasileiro, tem o pensamento semelhante ao de seus companheiros, que descartaram qualquer tipo de sonolência ou falta de empenho por conta da possibilidade de classificação com o empate.

"O nosso objetivo nesta reta final, quando deixamos de ter chances de vaga na Copa Libertadores, era definir a classificação para a Copa Sul-americana. Ainda não conseguimos e temos mais um jogo pela frente para que esse objetivo seja alcançado. O Vasco não pode nem pensar na possibilidade de perder essa vaga atuando em São Januário", disse o zagueiro Dedé, que foi apontado como um dos finalistas do Craque do Brasileirão, prêmio que a CBF vai oferecer na noite desta segunda-feira.

Para este compromisso o técnico do Vasco, Paulo César Gusmão, tem problemas. Os meias Carlos Alberto, liberado para resolver problemas particulares, Felipe, com lesão no joelho direito e Zé Roberto, suspenso por conta de sua expulsão contra o Corinthians, não entrarão em campo. Com isso, do "quarteto mágico" contratado para o torneio, apenas o atacante Eder Luis será titular, formando dupla com o jovem Caíque. No meio-de-campo, Jumar entra na vaga de Felipe, enquanto Fumagalli é o mais cotado para o posto de Carlos Alberto, enquanto Jonathan corre por fora.

Apesar de apenas cumprir tabela, o Ceará viajou para o Rio de Janeiro com o pensamento de complicar o máximo que puder a vida do Vasco e conquistar os três pontos. Pelo menos esse foi o discurso adotado pelos jogadores.

"O Ceará sempre entra em campo buscando a vitória e contra o Vasco não vai ser diferente. Eles foram os únicos que nos venceram na nossa casa e agora teremos a chance de deixar tudo igual nos confrontos", disse o lateral esquerdo Eusébio, lembrando do confronto do primeiro turno, que terminou com triunfo vascaíno por 2 a 0.

A equipe para esta partida já está definida. O zagueiro Diego Sacoman, que foi expulso contra o Atlético-PR, o meia Geraldo, que recebeu o terceiro cartão amarelo no mesmo jogo, e o volante João Marcos, suspenso pelo STJD, ficam fora. O volante Heleno, que retorna de suspensão, deverá atuar na zaga, com Reina ganhando uma oportunidade no meio-de-campo. Para a vaga de João Marcos, Dimas Filgueiras optou por Júnior Cearense.

FICHA TÉCNICA
VASCO-RJ x CEARÁ-CE

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 5 de dezembro de 2010 (Domingo)
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)
Assistentes: Márcia Caetano (Fifa-RO) e Luis Alberto Kallenberger (SC)

VASCO: Fernando Prass, Fágner, Dedé, Douglas e Ramon; Renato Augusto, Rômulo, Jumar e Fumagalli (Jonathan); Eder Luis e Caíque
Técnico: Paulo César Gusmão

CEARÁ: Michel Alves, Fabrício, Erivélton e Heleno; Boiadeiro, Michel, Júnior Cearense, Reina e Eusébio; Magno Alves e Marcelo Nicácio
Técnico: Dimas Filgueiras

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocearávasco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG