Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco passa pelo Olaria e espera Fla ou Flu na final da Taça Rio

Eder Luis fez o gol que garantiu a classificação do time de Ricardo Gomes, que não brilhou no Engenhão

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

nullA confiança da torcida é grande e, em campo, o Vasco vem dando sinais de que pode finalmente quebrar o jejum de títulos, que perturba o clube desde 2003, quando conquistou o Campeonato Carioca. Com uma vitória por 1 a 0 sobre Olaria, neste sábado, no Engenhão, o time garantiu a vaga na final da Taça Rio e, agora, vai enfrentar na decisão o vencedor de Flamengo e Fluminense, que se enfrentam neste domingo, no mesmo local. 

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real 

Desde o início do jogo, o Vasco fez questão de deixar claro que o domínio seria completamente seu. Com Eder Luis aproveitando os espaços nas costas dos dois laterais, o time conseguia acuar o rival, apesar do esquema defensivo montado pelo técnico do Olaria, Cleimar Rocha. 

Mesmo assim, a dificuldade do Vasco foi grande parra conseguir finalizar contra o gol defendido por Henrique. Mas as falhas da defesa do Olaria ajudaram, principalmente de Thiago Eleutério. Na primeira, aos 13, Diego Souza quase marcou. Depois, aos 18, ele chegou a balançar a rede, mas estava impedido na tentativa de chute de Ramon. 

Como gol não saiu nos primeiros 30 minutos, a torcida começou a ficar impaciente. A vítima foi o volante Allan, improvisado na lateral direita. Depois de uma sequência de erros, ouviu vaias da torcida. Felipe chegou a reclamar. Na sequência, o Olaria quase marcou em nova falha do jogador. Desta vez, Dedé pediu aplausos para ele. 

O Vasco viveu, então, um momento de nervosismo e o Olaria quase aproveitou. Aos 37, depois de uma troca de passes, Felipe arriscou de longe e a bola bateu no travessão, com o goleiro Fernando Prass já batido na jogada.

Mas, no minuto seguinte, em nova falha de Thiago Eleutério, Fellipe Bastos acertou lindo passe para Eder Luis, que caminhou com a bola livre, driblou o goleiro e abriu o placar para o Vasco, justamente quando o time não estava bem em campo. A torcida fez a festa e o caldeirão ferveu.

O Vasco voltou para o segundo tempo mantendo o ritmo forte no ataque em busca de mais gols para matar o jogo. Alecsandro conseguiu concluir duas jogadas em quatro minutos de jogo, mas parou no goleiro Henrique, que em uma delas defendeu com a cabeça, no susto.

O Olaria percebeu que precisava atacar para tentar se manter vivo no jogo. Numa arrancada

de Renan Silva, Waldir chegou um pouco atrasado na bola. Aos 16, Felipe arriscou de longe e obrigou Fernando Prass a fazer boa defesa. Na sequência, o goleiro do Vasco mostrou segurança em chute de Renan Silva.

O técnico Ricardo Gomes decidiu, então, muda o time. A torcida pediu Bernardo e ele colocou o garoto em campo no lugar de Eder Luis. Mas os gritos de burro que ecoaram da arquibancada mostraram a insatisfação com a substituição. Para piorar, Fernando Prass precisou salvar o time em cobrança de falta de Felipe no mesmo momento da troca no Vasco.

Aos 32, Bernardo teve a grande chance de deixar a torcida ainda mais feliz. Depois de sofrer pênalti do goleiro Henrique, pegou a bola, cheio de confiança, mas mandou a cobrança no travessão. Não fez falta. O Vasco administrou o jogo e garantiu sua classificação para a final da Taça Rio.

FICHA TÉCNICA – VASCO 1 x 0 OLARIA

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro
Data: 23 de abril de 2011, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Pathrice Maia (RJ)
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia e Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (ambos do RJ)
Público: 22.867 pagantes
Renda: R$ 647.600,00

Cartões amarelos: Fellipe Bastos, Felipe (Vasco), Henrique, Ivan, Renan Silva, Thiago Eleutério, Amarildo (Olaria)

GOL:
Vasco: Eder Luis, aos 38 minutos do primeiro tempo

Vasco: Fernando Prass, Allan (Eduardo Costa), Dedé, Anderson Martins e Ramon; Rômulo, Fellipe Bastos, Felipe e Diego Souza; Eder Luis (Bernardo) e Alecsandro
Técnico: Ricardo Gomes

Olaria: Henrique, Ivan, Thiago Eleutério, Rafael e Amarildo; David (Valpaços), Danilo (Nicolas), Victor e Renan Silva (Renato); Felipe e Waldir
Técnico: Cleimar Rocha


 

Leia tudo sobre: VascoCampeonato Carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG