mala branca no Brasileirão - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco minimiza mala branca no Brasileirão

Próximo compromisso da equipe é neste sábado, quando recebe o São Paulo em São Januário

Gazeta Esportiva |

Sem muitas pretensões no Campeonato Brasileiro, o Vasco pode se tornar um fiel da balança na disputa do título, já que nas próximas rodadas enfrenta Cruzeiro e Corinthians, que disputam com o Fluminense a liderança do Nacional. Por isso, começam a surgir especulações de que interessados em confrontos poderiam dar incentivo financeiro aos atletas vascaínos, a famosa "mala branca". Os jogadores parecem encarar o fato com naturalidade.

"Não vejo nenhum problema justamente porque não estaremos violentando nenhum princípio ético do futebol, já que o incentivo é para vencer. Se fosse para entregar o resultado seria outra história, inaceitável. O incentivo positivo eu não vejo problema", disse o goleiro Fernando Prass.

O próximo compromisso da equipe é neste sábado, quando recebe o São Paulo em São Januário. Em seguida, o time tem pela frente o Corinthians, o Cruzeiro e o Ceará. "Independentemente disso nós vamos lutar para ganhar os quatro jogos. Ninguém quer perder quando está defendendo a camisa do Vasco e disputando clássicos do futebol brasileiro como contra São Paulo, Corinthians e Cruzeiro", complementou o goleiro.

O pensamento do arqueiro é compartilhado pelos demais jogadores do Vasco. O jovem volante Rômulo considera que uma possível "mala branca" não deverá mudar em nada a disposição dos jogadores vascaínos.

"Se a mala branca vier será apenas um incentivo, que não vai mudar em nada a nossa maneira de encarar as próximas partidas. Independentemente de dinheiro ou não, temos um compromisso com a torcida, com o clube e com nós mesmos. Precisamos sempre nos esforçar para representar a camisa do Vasco da melhor maneira possível", explicou.

Uma prova de que o Vasco realmente pretende vencer o São Paulo é que o técnico Paulo César Gusmão vai escalar o que tem de melhor e poderá, enfim, contar com o seu quadrado ofensivo considerado ideal. Carlos Alberto está recuperado de um estiramento muscular na coxa direita e foi confirmado entre os titulares, formando uma linha de frente com Felipe, Eder Luis e Zé Roberto.

Outra boa notícia será a presença do zagueiro Dedé, que estaria de fora por conta de uma suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por sua expulsão contra o Flamengo. O clube porém conseguiu um efeito suspensivo para escalar o atleta até o novo julgamento.

Quem não vai reunir condições de atuar é o lateral esquerdo Ramon, que vem se recuperando de uma lesão na coxa direita e não participou dos últimos treinos da semana. O setor não pode contar ainda com Max, com dores no joelho direito, e nem com Ernani, ainda sem previsão de retorno. Com isso o comandante vai dar mais uma oportunidade para o jovem Diogo.

Para este compromisso, o treinador vascaíno também não poderá contar com o lateral direito Fagner, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo na derrota por 1 a 0 para o Fluminense e terá que cumprir suspensão. O paraguaio Irrazábal será o titular da lateral. Pelo que se viu no coletivo realizado nesta sexta-feira, o Vasco vai enfrentar o São Paulo com a seguinte formação: Fernando Prass; Irrazábal, Dedé, Cesinha e Diogo; Rafael Carioca, Rômulo e Felipe; Carlos Alberto, Eder Luis e Zé Roberto.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolvasco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG