Discurso oficial dá conta que grupo está fechado. Mas jogador tem grande rejeição após brigas com Dinamite

O meia Carlos Alberto não deve permanecer no Bahia . Ao término do seu empréstimo, dia 31 de dezembro, o jogador está na lista do grupo fora dos planos para 2012. Como tem contrato com o Vasco , deveria retornar a São Januário no ano que vem. Mas seu prestígio está mesmo abalado na Colina depois da briga com o presidente Roberto Dinamite, em janeiro, que culminou com a sua saída.

Confira os momentos mais marcantes do Brasileirão

Carlos Alberto tem contrato com o Vasco até 2014
Gazeta Press
Carlos Alberto tem contrato com o Vasco até 2014
A justificativa para o não-aproveitamento do meia, herói da conquista da Série B, em 2009, está na filosofia de trabalho atualmente em São Januário. As contratações que chegarão serão pontuais - na  maior parte, para compor o elenco. Portanto, não há como reintegrar um jogador que ao longo da temporada não fez parte da vitoriosa campanha vascaína.

VEJA TAMBÉM: Efeito Dedé se multiplica em camisas e nas redes sociais

No entanto, por trás de todo este discurso formal está a rejeição a Carlos Alberto. Depois de brigar – quase chegam às vias de fato – com Dinamite na derrota para o Boavista, ainda no vestiário, ele foi dispensado. Emprestado ao Grêmio, durou apenas dois meses e foi demitido novamente.

LEIA MAIS: Dedé pede planejamento ao Vasco para permanecer no clube

O Vasco se recusou a recebê-lo de volta. O meia virara persona non grata no clube e acabou indo jogar no Bahia. Via Twitter, Carlos Alberto fez ofensas a Dinamite, escrevendo que o “presidente sequer mandava na casa dele”. Assim, o clima hoje é desfavorável pelo retorno do meia.

LEIA MAIS: Vasco não descarta reajuste salarial para Dedé

“Vamos reemprestá-lo. Aqui no Vasco não há onde encaixá-lo. O time está montado, não vamos mudar nossa filosofia. Não quero expor o jogador, que foi importante para o Vasco, mas hoje o time está pronto”, disse o diretor-executivo Rodrigo Caetano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.