Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco lança camisa em homenagem a Edmundo

Produto ainda não está à venda, mas ex-jogador caminha pelo clube exibindo um dos modelos para ajudar na divulgação

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Em homenagem à despedida oficial de Edmundo, dia 28, em São Januário, contra o Barcelona do Equador, o Vasco resolveu lembrar do seu ídolo recente com uma camisa que a partir de quinta-feira já estará à disposição nas lojas credenciadas pelo clube (Gigante da Colina, física ou virtual). São dois uniformes, nas cores preta e branca, ao preço de R$ 59,00.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Hilton Mattos
Edmundo concede entrevista com a camisa em sua homenagem
Nesta terça-feira, o ex-jogador esteve em São Januário treinando com o time profissional para o esperado jogo festivo. Durante o rachão que serviu de recreativo para os titulares enfrentarem nesta quarta o Libertad, do Paraguai, pela Libertadores, Edmundo atuou ao lado de Felipe e Juninho Pernambucano . Pediu para jogar com os ex-companheiros, diga-se de passagem. "Queria estar com os experientes. Do outro lado, os garotos correm muito".

Leia também: Felipe completa 340 jogos pelo Vasco contra o Libertad

E não fez feio. Seu time venceu por 4 a 3 e ele marcou dois gols, sendo um deles um golaço – de três dedos, de fora da área, sem chances para Fernando Prass. Após o treino, foi exigido na sala de musculação como o restante do grupo.

“Não me lembrava mais que tinha que passar por esse reforço muscular”, brincou o ex-atacante, cuja última partida oficial foi em dezembro de 2008, quando o Vasco perdeu para o Vitória e caiu para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Após o treino, Edmundo caminhou pelas dependências de São Januário, onde atendeu o carinho dos fãs. E fez questão de andar com a camisa, já fazendo propagando do produto em sua homenagem. As vendas prometem ir bem além da despedida do ex-jogador.

A imagem impressa na camisa branca foi inspirada na folclórica comemoração de Edmundo nos três gols contra o Flamengo, no Brasileiro de 97. Na ocasião, além da vencer o eterno rival por 4 a 1, ele chegava a 29 gols - quebrando então o recorde de Reinaldo, ídolo do Atlético-MG, na competição - e eliminava o time rubro-negro na fase final.
 

Leia tudo sobre: vascoedmundo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG