Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco joga a liderança contra um Inter que segue sonhando com G5

Desfalcado, visitante tem Alecsandro como atração. Damião e Oscar desfalcam os donos da casa

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre* |

Será um dos adversários mais complicados do líder do campeonato. Pelo poder do Inter, mas também pelos problemas do Vasco. O 1º colocado do Brasileirão joga neste domingo, 16h, no estádio Beira-Rio. Precisa ganhar, para seguir mandando na tabela, sem depender de resultados paralelos. (Confira a classificação)

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

Veja informações do Vasco pelo Twitter

Mesmo com a semana completa de treinos, o interino Cristóvão Borges não conseguiu aprofundar trabalhos com o grupo. No meio da semana, o Vasco teve que viajar para a Bolívia, onde perdeu para o Aurora por 3 a 1, pela Copa Sul-Americana. Pensando no Brasileiro, só quatro titulares viajaram no meio da semana, em uma delegação que tinha apenas 15 jogadores.

Apesar de poupar suas principais figuras, Cristóvão teve a sequência de treinos prejudicada. Outro fator complicador são as ausências. O meia Juninho, com estiramento muscular na coxa, dá lugar a Felipe, que não joga desde agosto. O Zagueiro Dedé está com a seleção brasileira. Nilton é o mais cotado para atuar. Élton, suspenso, deixa a vaga para Alecsandro, que não joga há sete jogos, por lesão na panturrilha.

Relembre: vitória do Vasco no primeiro turno marcou a volta de Juninho

O centroavante, aliás, será um dos atrativos. Após duas temporadas vestindo a camiseta do Inter, ele reencontrará a torcida gaúcha, onde teve uma relação conturbada. Embora tenha sido o artilheiro do time por duas temporadas, Alecsandro nunca foi unanimidade entre os colorados. Algo que o deixa magoado até hoje.

“Ele é o nosso espião. Viveu tanta coisa lá, conhece o clube, muitos jogadores e trocamos umas ideias sobre isso. Sobre o que o Internacional pode apresentar, só para confirmar algumas coisas”, disse Cristóvão, sobre Alecsandro.

null

No Inter, o maior desfalque segue sendo Leandro Damião, machucado, que só volta a jogar em novembro. O meia Oscar, com a seleção brasileira, é a segunda ausência.

O técnico Dorival Júnior aproveitou a semana para aprimorar o entrosamento no time. Como de costume, ele também promoveu a disputa por posições. No fim das contas, o zagueiro Rodrigo Moledo, o volante Bolatti e o meia-atacante Ilsinho foram os escolhidos. O zagueiro Juan, com uma amigdalite, foi cortado, dando lugar a Índio

“O Vasco marca muito, explora o contra-ataque. A marcação é muito constante. Acho que não vão deixar espaços. Projeto um jogo muito duro”, disse Dorival.

Entre para a Torcida Virtual do seu time e comente Inter x Vasco

O desafio segue sendo entrar no G5, algo que não acontece desde a oitava rodada. Sonhar com o título também é assunto. A distância para o Vasco está em 10 pontos. Se ganhar, o Inter ainda não entra no grupo dos cinco primeiros, mas pode diminuir a distância para um ponto, dependendo de resultados paralelos.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X VASCO

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 09 de outubro de 2011, no domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Alicio Pereira Junior (MG)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Guilherme Dias Camilo (MG).

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kléber; Bolatti, Guiñazu, Andrezinho, D´Alessandro e Ilsinho; Jô.
Técnico: Dorival Júnior.

VASCO: Fernando Prass; Fágner, Renato Silva, Nilton (Victor Ramos) e Jumar; Eduardo Costa, Rômulo, Diego Souza e Felipe; Alecsandro e Eder Luis.
Técnico: Cristóvão Borges (interino).

* Com Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro

Leia tudo sobre: VascointernacionalBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG