Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco goleia Bangu e mantém liderança do grupo

Resultado encerra série de dois empates sem gols obtidos pelo time do meia Felipe, que brilhou nesse domingo

Gazeta |

nullO Vasco goleou o Bangu por 4 a 0, na tarde deste domingo, em São Januário. Com gols de Dedé, Éder Luís, Alecsandro e Felipe, o Gigante da Colina atropelou o adversário, que jogou quase o tempo inteiro com um jogador a menos.

A vitória recolocou o Vasco na liderança do Grupo A da Taça Rio, segundo turno do Estadual, com 13 pontos, um a mais que o vice Flamengo, que havia assumido a ponta com a vitória de sábado sobre o Duque de Caxias.

Depois de dois empates sem gols, um pelo Campeonato Carioca e outro pela Copa do Brasil, o Vasco foi a campo disposto a voltar a fazer as redes balançarem. O time da colina dominou inteiramente o Bangu durante os noventa minutos de jogo. Em tarde inspirada do meia Felipe, comandando as ações ofensivas com boas assistências, o Vasco até que demorou abrir o marcador, chegando inclusive a ser ameaçado no início.

Aos 11 minutos, Allan faz falta em Pipico na entrada da grande área. Tiano cobra falta, Fernando Prass se complica, bola bate no travessão, volta nele e sai para escanteio.

Mas a resposta cruzmaltina não demorou. No minuto seguinte, Éder Luís avançou pela esquerda e entregou para Felippe Bastos na entrada da área. O volante ajeitou e soltou a bomba no canto direito de Thiago Leal, que voou e salvou o Bangu.

Aos 15, Alecsandro dominou na linha de fundo pela esquerda e atrasou para a chegada de Felippe Bastos, que limpou o lance e arriscou chute colocado que saiu à direita de Thiago Leal. Três minutos depois, o Vasco avançou em velocidade e Felipe recebeu na direita da área. O meia deu um corte para fora e chutou de direita. A bola desvioua marcação e sai acima do gol do Bangu.

Expulsão ajuda
O Bangu sofreu um sério revés aos 19 minutos, quando Raphael Azevedo levou o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando a equipe com apenas dez homens em campo.

A partir daí, só deu Vasco. Aos 25, Éder Luís fez um carnaval pela esquerda do ataque, e, da linha de fundo, tocou para Diego Souza na altura da marca do pênalti, que deixou para Felipe Bastos arriscar o chute. A bola bateu na zaga e voltou para, novamente, Felipe bastos tentar o chute e um defensor do Bangu salvar na linha.

Na sequência, Felipe avançou em velocidade pelo meio e, da entrada da área, enfiou em profundidade para a penetração de Éder Luís, que bateu cruzado, Thiago Leal tocou com a ponta dos dedos, e a bola acertou a trave.

Aos 35, Éder Luís quase marca um gol de placa. O atacante foi avançando em velocidade pelo meio da defesa, e depois de driblar quatro adversários, entrou na área e chutou, mas Thiago Leal fez defesa milagrosa e salvou o primeiro gol.

Cinco minutos mais tarde, o Vasco finalmente conseguiu abrir o placar em São Januário. Diego Souza abriu para Felipe na ponta direita. O meia foi cortando para o meio, levantou a cabeça e deu passe perfeito para Dedé, no bico esquerdo da pequena área. O zagueiro ajeitou e fuzilou para o fundo das redes.

As equipes retornaram sem alterações para a etapa complementar, e o Vasco manteve o ritmo. Logo aos 3 minutos, Felipe, desta vez pelo bico esquerdo da grande área, rolou na meia lua para a entrada de Éder Luís, que acertou uma bomba no canto direito de Thiago Leal. Atrapalhado pelos jogadores a sua frente, o goleiro do Bangu viu a bola estufar as redes: 2 a 0.

Aos 19, Felipe, da intermediária, lançou Diego Souza na área. O meia se livrou da marcação mas ficou sem ângulo, mas tentou por cobertura. Thiago Leal defendeu. O goleiro vascaíno, Fernando Prass, assistia ao jogo de dentro do campo. O Bangu, batido, não ameaçava a meta cruzmaltina. E aos 27, Felipe lançou Bernardo pela esquerda, que cruzou rasteiro. Thiago Leal passou batido pela bola, e Alecsandro mandou para o gol de carrinho.

O quarto gol vascaíno saiu de pois de uma roubada de bola no meio campo. Alecsandro tocou para Leandro entre a área e a linha lateral pela direita. O atacante viu Felipe sem marcação na meia lua e rolou para trás. O meia, de frente para o gol, tocou com categoria no canto direito.

Antes do fim, o vasco quase chega ao quinto aos 38. Alecsandro tocou para Leandro, que avançou em velocidade e chuta para boa defesa do goleiro Thiago.

No próximo sábado, pela penúltima rodada do segundo turno, o Vasco recebe o Macaé novamente em São Januário, enquanto o Bangu visita o Nova Iguaçú, no Laranjão.

FICHA TÉCNICA - VASCO 4 X 0 BANGU

Local: estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 3 de abril de 2011, domingo
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Luiz Felippe Guerra Costa (RJ)
Público: 12.787 pagantes (16.360 presentes)
Renda: R$ 200.470,00

Cartões amarelos: Raphael Azevedo, Tiano (Bangu); Allan, Diego Souza (Vasco)
Cartão vermelho: Raphael Azevedo

Gols:
VASCO: Dedé, aos 40min do 1o tempo; Éder Luís, aos 3, Alecsandro aos 27, e Felipe aos 29min do 2o tempo

VASCO: Fernando Prass, Allan, Dedé, Anderson Martins e Ramon; Rômulo, Felippe Bastos (Jumar), Felipe e Diego Souza (Bernardo); Éder Luís (Leandro) e Alecsandro
Técnico: Ricardo Gomes

BANGU: Thiago Leal; Gedeilson, Abílio, Diego Padilha e Fabiano Silva; Joziel, Raphael Azevedo, Ricardinho (Thiago Galhardo) e Somália; Pipico (Esquerdinha) e Tiano (Possato)
Técnico: Marcão

Leia tudo sobre: VascoCampeonato Carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG