Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco faz treino leve para chegar com 'tanque cheio' à final

Time encara Flu na decisão da Taça Guanabara, e técnico não vê vantagem física em ter se classificado um dia antes do rival

Vicente Seda, iG Rio de Janeiro |

Ao contrário do que se poderia pensar para um trabalho a dois dias de uma final, o treino na manhã desta sexta-feira em São Januário teve como o objetivo maior a recuperação dos jogadores do Vasco. Não houve qualquer trabalho técnico ou tático no sol forte de São Cristóvão, apenas alguns reservas foram ao gramado. Os atletas permaneceram na sala de musculação do clube para que, como explicou o técnico Cristóvão Borges, o time chegue com o "tanque cheio" à decisão da Taça Guanabara.

Deixe seu recado e comente com outros torcedores

"Trabalhamos pouco, o treino é mais recuperação. O jogo (contra o Flamengo) foi muito desgastante, então estamos cuidando bastante para que os jogadores cheguem com o tanque cheio", explicou o treinador.

Leia também: Escorado na simplicidade, Dedé vê final como jogo de Copa do Mundo

Cristóvão não acredita em vantagem no aspecto físico sobre o rival de domingo, que decidiu a vaga nos pênaltis na quinta-feira, enquanto o Vasco obteve a classificação no tempo regulamentar um dia antes. "Levaríamos vantagem se tivesse prorrogação. Como foi direto para pênaltis, dá tempo de recuperar".

Mais Taça Guanabara: Fluminense pode ser campeão mesmo com jejum em clássicos

Favoritismo, para o técnico, é palavra proibida. Questionado se o Vasco neste momento é o melhor time do Rio, se esquivou. "O Vasco tem 100% de aproveitamento, então estatisticamente é fato, mas a gente não se ilude com isso. Encontra outro grande na decisão, acaba isso, não tem favoritismo nenhum. O Fluminense é forte, não tem favorito, é equilibrado demais".

Entre para a torcida virtual do Vasco e convide seus amigos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG