Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco enfrenta o ABC pela Copa do Brasil com escrita a seu favor

Em nove confrontos, time venceu oito e empatou uma única vez. Alecsandro começa jogando ao lado de Eder Luis

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

A Copa do Brasil é o calcanhar de Aquiles do Vasco no cenário nacional. O clube chegou apenas uma vez na final do torneio, em 2006, perdendo para o rival Flamengo. Na luta pelo título inédito, o time entra em campo na noite desta quarta-feira (21h50) com a escrita a seu favor. Jogando no Frasqueirão, em Natal, capital do Rio Grande do Norte, o duelo contra o ABC remete os cruzmaltinos a números que lhe são favoráveis: em nove partidas, foram oito vitórias e somente um empate.

Fotocom
Diego Souza vai, finalmente, jogar no meio de campo, sua posição de origem
Na fase anterior, o time eliminou o jogo de volta ao golear o Comercial-MS por 6 a 1. Se repetir o feito, ótimo, pois a equipe briga por uma vaga na semifinal da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Mas o técnico Ricardo Gomes avisa que não quer um Vasco correndo riscos. A prioridade é vencer fazendo boa partida.

“Não podemos nos esquecer que a vaga será decidida no Rio”, observou o treinador. “O time vem do desgaste da viagem e de dois clássicos seguidos. Precisamos jogar com inteligência”, completou o zagueiro Dedé.

O Vasco terá três desfalques no compromisso desta noite. Os laterais Fágner e Ramon estão fora de combate desde o clássico do último domingo, contra o Fluminense. O primeiro se recupera de uma torção no joelho direito. Já seu companheiro de lateral esquerda, além de suspenso pela expulsão contra o Macaé, também sente dores no mesmo joelho. A última ausência será Felipe, que não viajou com a delegação queixando-se de um incômodo na panturrilha direita.

A novidade, no entanto, é a presença de Alecsandro. O atacante se beneficiou com a saída de Felipe. A vaga aberta no meio de campo obrigou Diego Souza a recuar, promovendo, com isso, a escalação de Alecsandro como titular. O jogador estreara contra o Fluminense, entrando no segundo tempo, no lugar de Bernardo.

Dedé lamentou o desfalque de Felipe. O camisa 6 fez boa partida no domingo, estava subindo de produção, e se tornou o principal articulador vascaíno. Sem ele, Bernardo e Diego Souza, finalmente na sua real posição, serão os armadores de Ricardo Gomes. O técnico, aliás, tem outra carta na manga, mas esta para o segundo tempo: Leandro, que ainda carece de ritmo de jogo, fica no banco. Porém, a exemplo das partidas anteriores, será utilizado no segundo tempo.

Mesmo com tanta opção de mexida, Ricardo Gomes pede que a defesa não se descuide. Depois do puxão de orelhas do treinador em toda a equipe, a zaga está há duas partidas sem sofrer gol. Passou em branco contra Botafogo e Fluminense. Gomes quer os jogadores se ajudando e recuando sem a bola. A ordem vale para todos, inclusive meias e atacantes.
 

FICHA TÉCNICA – ABC x VASCO
Local: Estádio Frasqueirão, Natal (RN)
Data: 30 de março de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (Horário de Brasília)
Árbitro: João Bosco Satiro da Nóbrega
Auxiliares: Griselildo de Souza Dantas e Luís Filipe Gonçalves Correa

ABC: Wellington; China, Tiago Garça, Irineu e Renatinho; Basílio, Bileu, Cascata e Jackson; Ederson e Leandrão
Técnico: Leandro Campos

VASCO: Fernando Prass; Allan, Dedé, Anderson Martins e Márcio Careca; Eduardo Costa, Rômulo, Bernardo e Diego Souza; Alecsandro e Eder Luis
Técnico: Ricardo Gomes
 

Leia tudo sobre: vascoabccopa do brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG