Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco enfrenta Macaé com a cabeça na Libertadores

Juninho faz questão de jogar para valorizar o Carioca. Cristóvão avisa que empenho nas 2 competições será recompensado com glórias

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Com um time misto, o Vasco enfrenta o Macaé na tarde deste sábado, no Moacirzão, pela Taça Rio – segundo turno do Campeonato Carioca. O jogo é válido pelo Grupo B da competição, que tem o time de Cristóvão Borges na vice-liderança, com oito pontos, um a menos que o Bangu. No entanto, por mais que o clube tente quebrar um jejum que já dura nove anos no estadual, a cabeça está na Libertadores. Na terça, o compromisso é em Lima, no Peru, diante do Alianza.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

AE
Fora de jogo da Libertadores, Juninho Pernambucano está confirmado para enfrentar o Macaé

Os titulares ficam no Rio, treinam em São Januário e viajam na tarde de domingo para a capital peruana. Embora faça mistério, pelo menos um jogador está confirmado: Juninho Pernambucano. O meia pediu para entrar em campo, já que no começo da outra semana será submetido a uma cirurgia dentária e está fora da partida pela Libertadores.

Leia também: Titulares do Vasco ficam no Rio para embarque de domingo pela Libertadores

“Tomei uma pancada contra o Nacional e perdi o implante. Acredito que seja uma coisa simples e espero que possa voltar aos treinos com dois, três dias, espero voltar a treinar quarta ou quinta, tomando antibióticos alguns dias, e agora inflamou não tem outra solução”, declarou Juninho, que ainda não sabe se entrará em campo no domingo seguinte, no clássico contra o Flamengo.

Embora o Vasco respire a Libertadores, o meia considera o estadual um título importante. Daí seu interesse em participar do jogo contra o Macaé.

Veja ainda: Fernando Prass recebe placa comemorativa aos 200 jogos pelo Vasco

“Serão semanas decisivas que podem nos levar a momentos marcantes ou nos colocar em momentos difíceis no semestre. É o risco que corremos. Não considero a Libertadores tão mais importante e seria um risco grande ficar de fora da semifinal do segundo turno. Sabemos que esse jogo será muito importante e temos mais uma rodada para definir os classificado”, analisou o camisa 8.

E mais: Torcedor do Vasco vê Edmundo como um ídolo maior que Romário

Cristóvão sabe o quanto é difícil disputar duas competições ao mesmo tempo tendo que dividir as equipes. Mas ressalta que a vitória dá a confiança para o clube seguir brigando pelos títulos, pois é comum ao longo da temporada equipes consideradas grandes conquistarem mais de um campeonato por ano. Assim, para este esforço ser reconhecido, ele pede empenho.

“Tem sido difícil preparar uma equipe e dividir grupos para ser competitivo e forte. São muitos jogos, maratona, viagens. Logicamente, a resposta só virá depois. Mas precisamos ganhar e tomara que de tudo certo”, disse o treinador vascaíno.

FICHA TÉCNICA – MACAÉ x VASCO
Local: Estádio Cláudio Moacyr, Macaé (RJ)
Data: 31 de março de 2011
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Nascimento Magalhães
Auxiliares: Jackson Lourenço e Wagner de Almeida Santos

VASCO: Fernando Prass, Fagner (Max), Rodolfo, Renato Silva e Thiago Feltri; Rômulo, Nilton, Fellipe Bastos e William Barbio; Eder Luis e Alecsandro
Técnico: Cristovão Borges

MACAÉ: Luiz Henrique; Valdir, Ramon, Douglas Assis e Gedeil; Carlos Alberto (Edson), Pipico, Wagner e Josiel; Wallacer e André Gomes
Técnico: Toninho Andrade 

Ajude a aumentar a torcida virtual do Vasco

 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG