Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco empata com o São Paulo e perde a liderança do Brasileiro

Em clássico marcado por desfalques, times ficam no 0 a 0. Substituto de Ceni, Denis evita a derrota são-paulina

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

São Januário recebeu um público de 25 mil pessoas na tarde deste domingo, o torcedor vascaíno marcou presença desde cedo no estádio acreditando em mais uma vitória e, consequentemente, na manutenção da liderança isolada no Campeonato Brasileiro . Mas o campeão da Copa do Brasil, desfalcado de Fágner e Diego Souza , não repetiu contra o São Paulo as boas atuações que fizeram do time carioca o líder da competição. O time paulista também não contou com Rogério Ceni , Dagoberto e Luis Fabiano , mas foi valente o bastante para estragar os planos cruzmaltinos: 0 a 0.

Leia mais: Corinthians fura retranca, vence Avaí de virada e volta à liderança

Para o azar cruzmaltino, o Corinthians , que tropeçava em casa contra o Avaí , virou para 2 a 1. Assim, os dois empatam com 58 pontos, mas a liderança volta a ser corintiana. Denis , substituto de Ceni, evitou a derrota com defesas milagrosas no segundo tempo. Na próxima rodada, a equipe comandada por Cristóvão Borges vai à Vila Belmiro enfrentar o Santos . Já os são-paulinos terão pela frente o Bahia , em Pituaçu.

Confira a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

O jogo

O clássico começou quente. Com apenas dez segundos, Carlinhos Paraíba cometeu violenta falta em Allan. O árbitro o advertiu com cartão amarelo. Só que foi o mesmo o jogador quem quase abriu o placar para os são-paulinos um minuto depois. Num chute de fora da área, o meia chutou forte, no alto, obrigando Fernando Prass a difícil defesa.

O Vasco, apesar do susto, tinha mais ação das jogadas. Tocava a bola com Juninho Pernambucano e Fellipe Bastos e ainda explorava o lado esquerdo com Felipe, que vez por outra se revezava com Jumar e atacava como um meia. Aos 13 minutos, Após passe de Felipe, Juninho arriscou na entrada da área. Chute forte, e boa defesa de Denis.

O técnico interino Cristóvão Borges surpreendeu ao deixar Bernardo no banco de reservas. O meia, um dos destaques na goleada de 8 a 3 sobre o Aurora, da Bolívia, pela Sul-Americana, treinou entre os titulares e havia sido confirmado no time. Mas o treinador surpreendeu, promovendo a entrada de Fellipe Bastos.O São Paulo era perigoso. Lucas e William ofereciam perigo ao gol de Prass. E num rápido contra-ataque, o atacante ajeitou para finalizar com a perna direita. Prass bateu roupa e Renato Silva chegou antes da conclusão de Lucas, isolando para escanteio. Os donos da casa responderam com Elton, mas Denis fez bela defesa em seu canto esquerdo, no chão.

O atacante vascaíno ainda teve a última chance do primeiro tempo antes do apito final. Depois de receber de Fellipe Bastos, Juninho cruzou e Elton, de peixinho, tentou surpreender o goleiro do São Paulo, mas perdeu o equilíbrio e mandou para fora.

Na volta para o segundo tempo, o Vasco foi com tudo para cima do São Paulo. E por pouco Allan não abriu a contagem. Denis, atento, salvou. O placar eletrônico já havia anunciado o gol do Avaí contra o Corinthians, no Pacaembu. Cabia, então, ao Vasco vencer a partida para colocar cinco pontos de vantagem sobre o time paulista.

Impaciente, a torcida começou a pedir Bernardo. Mass quem acabou entrando de imediato foi Nilton, substituindo Juninho, que saiu de campo queixando-se da panturrilha direita. O meia desfalcara a equipe em quatro partidas em razão de lesões nas duas batatas da perna, voltara contra o Aurora, no meio de semana, pela Sul-Americana, mas não suportou.

Só que Cristóvão atendeu os apelos da torcida chamou o reserva de luxo, artilheiro do time na temporada, com 16 gols. Bernardo entrou no lugar de Jumar. Rômulo recebeu o terceiro cartão amarelo e não enfrenta o Santos.

O goleiro Denis estava em uma tarde muito inspirada. Em duas defesas milagrosas – em duas cabeçadas de Elton – evitou a derrota são paulina. Cristóvão ainda mandou o time à frente, o Vasco seguiu atacante, mas deu espaços para o São Paulo e o jogo ficou quente até os minutos finais. Mas sem que nenhuma das equipes fizesse um golzinho sequer.

FICHA TÉCNICA - VASCO 0 x 0 SÃO PAULO

Local: São Januário, Rio de Janeiro
Data: 30 de outubro de 2011, domingo
Horário: 16h (Horário de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro/MG (Fifa)
Auxiliares: Roberto Braatz/PR (Fifa) e Kléber Lúcio Gil/SC (aspirante Fifa)

Cartões amarelos: Carlinhos Paraíba, Wellington e Rômulo

VASCO: Fernando Prass; Allan, Dedé, Renato Silva e Felipe; Rômulo, Jumar (Bernardo), Juninho Pernambucano (Nilton) e Fellipe Bastos; Eder Luis e Elton
Técnico: Cristóvão Borges

SÃO PAULO: Denis: João Filipe, Rhodolfo e Xandão; Piris, Wellington,Carlinhos, Lucas (Henrique) e Juan; Marlos e Willian (Rivaldo)

Técnico: Emerson Leão

 

Leia tudo sobre: vascobrasileirão 2011são paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG