Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco deve investir pouco para o primeiro semestre

Clube busca um zagueiro, um meia e dois atacantes, mas nomes de peso como Nilmar e Grafite estão descartados

Gazeta Esportiva |

O Vasco não deve apresentar muitas novidades para a sua torcida no primeiro semestre de 2011. Pelo menos esse é o quadro que se desenha em termos de contratações de reforços para a disputa do Campeonato Carioca e da Copa do Brasil. Apesar de o técnico Paulo César Gusmão sonhar com nomes de expressão, como os atacantes Nilmar e Grafite, os dirigentes preferem manter os pés no chão e evitar maiores promessas.

O diretor executivo do departamento de futebol do Vasco, Rodrigo Caetano, acredita que quatro contratações estejam de bom tamanho para que o time possa começar bem o ano de 2011. A ideia é definir os reforços a fim de que eles se apresentem junto com o elenco, no dia 3 de janeiro, para que a pré-temporada não seja comprometida. O clube busca um zagueiro, um meia e dois atacantes.

"Vamos contratar dentro da realidade do Vasco, pois não podemos fazer loucuras e não ter como honrar os nossos compromissos. A ideia é que os jogadores contratados possam fazer a pré-temporada com os demais. O mercado não oferece muitas opções, a janela é curta e temos que ter inteligência para contratar. Devemos trazer umas quatro peças para o início do ano" disse Rodrigo Caetano.

A diretoria do Vasco pretende checar no Campeonato Carioca e na Copa do Brasil a força do elenco que tem em mãos para a próxima temporada. Principalmente, porque o chamado "quadrado mágico", composto pelos meias Zé Roberto, Felipe e Carlos Alberto, além do atacante Éder Luís, jogou apenas uma vez no Brasileirão por conta de problemas de lesões e suspensões. Existe o sentimento de que com os quatro juntos em campo, o time possa inclusive lutar pelo título carioca, que não conquista desde 2003.

Além disso, se a chegada de reforços não deverá animar a torcida, a diretoria pretende evitar que frustrações apareçam, já que atletas que se destacaram no elenco passaram a interessar a clubes de fora do país. Éder Luís, com os direitos federativos ligados ao Benfica, de Portugal, e emprestado ao Vasco até maio de 2011, vem sendo assediado por equipes da Europa e sua permanência até mesmo para o Estadual está ameaçada. A perda seria considerada grande, já que ele foi o integrante do quadrado que mais se destacou. Daí a necessidade de se preservar o caixa para investir no jogador caso o assédio se torne insuportável.

Ainda sobre reforços, o atacante Marcel, atualmente no Santos, deverá ser o primeiro a confirmar acerto com o Vasco, o que está previsto para acontecer até o fim desta semana. Paulo Afonso, procurador do jogador, tem um excelente relacionamento com Rodrigo Caetano e com os demais dirigentes do Vasco. Como o jogador tem contrato com o clube paulista somente até 15 de dezembro, o acerto não teria maiores obstáculos para sair.

Outro atacante que segue nos planos é Jael, que se destacou pelo Bahia na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogador também está negociando e sua contratação está próxima de um final feliz. Tanto Jael como Marcel chegariam para suprir as vagas deixadas por Rafael Coelho e Nunes, que estão na lista de jogadores que não terão contrato renovado com o clube carioca.

A lista envolve ainda o lateral esquerdo Ernani, o zagueiro Titi e o meia Fumagalli, além do volante Rafael Carioca, que deixou São Januário antes mesmo de chegar ao fim o Campeonato Brasileiro. Com os direitos federativos ligados ao Spartak Moscou, da Rússia, o jogador procura um outro clube no Brasil, pois não deseja retornar ao futebol russo.

Já o zagueiro Fabrício e o volante Michel, ambos com os direitos federativos ligados ao Ceará, não serão mais contratados. Dirigentes dos dois clubes se reuniram no fim de semana, quando os cearenses estiveram no Rio de Janeiro para enfrentarem os vascaínos pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

Porém um acordo não aconteceu e os atletas, que tinham sido indicados por Paulo César Gusmão, com quem tinham trabalhado no próprio Ceará, irão mesmo permanecer no futebol do Nordeste. Com isso o Vasco parte em busca de outros jogadores para essas posições. O elenco, que está de férias, se reapresenta no dia 3 de janeiro para a realização de exames médicos.

Leia tudo sobre: mercado da bolavasco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG