Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco busca reação no Carioca contra o Duque de Caxias

Time terá quatro mudanças. Ricardo Gomes barra três jogadores em partida que terá promoção de ingresso

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Que Vasco estará em campo na noite desta quarta-feira, contra o Duque de Caxias, pela segunda rodada da Taça Rio? As dúvidas serão desfeita às 21h50, quando a bola rolar em São Januário. Para atrair a torcida, a diretoria criou a promoção “Jogo da Virada”. O ingresso custa apenas R$ 10,00 (R$ 5,00 a meia entrada). Será o reencontro do torcedor com o time de Ricardo Gomes, que na última sexta-feira foi surpreendido pelo Macaé (3 a 1) no Estádio Claudio Moacyr.

Foi justamente a derrota para o time da Região dos Lagos que põe um ponto de interrogação na cabeça dos vascaínos. A equipe alterna altos e baixos na temporada. Começou o ano perdendo, deu a volta por cima com goleadas épicas, mas voltou a decepcionar na última rodada.

Mesmo respeitando o Macaé, o pensamento eras os três pontos. Assim, o Vasco somaria cinco jogos invictos, sendo quatro vitórias. Como os últimos três compromissos foram fora do Rio, a expectativa era de uma recepção de gala nesta quarta. Com isso, o tropeço de sexta teria colocado tudo a perder. Tal preocupação levou o clube a reduzir o valor dos ingressos. A diretoria quer aproximar time e torcida. Afinal, a temporada está apenas começando. Tem campeonatos até dezembro.

O técnico Ricardo Gomes enumera as competições. O Vasco disputa no momento o segundo turno do Campeonato Carioca e a Copa do Brasil. Mas, em breve, estará brigando na Copa Sul-Americana e no Campeonato Brasileiro. Pensando assim, ele barrou três jogadores. Argumentando que precisa testar o elenco, o treinador sacou Felipe Bastos, Jeferson e Marcel. As novidades são os meias Bernardo e Eduardo Costa e o atacante Elton.

“No começo, pensei em não mexer na equipe. Mas sabia que um dia isso ia acontecer. Tenho um grupo grande e preciso testá-lo, conhecer os jogadores com os quais posso contar”, disse o técnico.

O Vasco terá outra mexida, mas esta por suspensão. Ramon, expulso contra o Macaé, dá lugar a Márcio Careca na lateral esquerda. O time está no Grupo A, na última posição. Na Taça Guanabara, primeiro turno do Carioca, somou apenas sete pontos, terminando na quinta colocação.


No somatório dos dois turnos, o Duque de Caxias aparece com oito pontos, em décimo lugar, na frente do Vasco. Com sete, o time de São Januário ocupa a 12ª posição. Em tempo: os dois times de pior campanha vão disputar a Segunda Divisão do Campeonato Carioca em 2011.


O lateral-direito Fágner diz que a derrota para o Macaé foi uma espécie de apagão na segunda metade da primeira etapa. A confiança não foi perdida.


“A evolução dos últimos jogos não ficou para trás. Cometemos erros, mas temos que ver o lado positivo também. Com um jogador a menos, criamos oportunidades, fomos para cima. Só que a bola não entrou”, comentou o jogador, referindo-se à expulsão de Ramon.
 

 

FICHA TÉCNICA – VASCO x DUQUE DE CAXIAS

Local: São Januário (RJ)
Data: 9 de março de 2011, quarta-feira
Horário: 21h30 (Horário de Brasília)
Árbitro: Eduardo Cordeiro Guimarães (RJ)
Assistentes: Wedel de Paiva Gouveia (RJ) e Sérgio Waldman (RJ)
VASCO: Fernando Prass; Fagner, Dedé, Anderson Martins e Márcio Careca; Eduardo Costa, Rômulo, Felipe e Bernardo; Eder Luis e Elton.
Técnico: Ricardo Gomes

MACAÉ: Fernando; Ari, Fábio Braz, Marlon e Gabriel; Antônio, Lenon, Juninho e Lenilson; Geovane Maranhão e Somália.
Técnico: Waldemar Lemos
 

 

Leia tudo sobre: VascoDuque de CaxiasCampeonato Carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG