Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vantagem do Goiás na Sul-Americana não desanima gremistas

Independiente precisa ser campeão da Sul-Americana para clube gaúcho ter chances de classificação à Libertadores

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854449302&_c_=MiGComponente_C

Foi um programa que uniu jogadores e torcida, porém, sem o efeito esperado. Mesmo com a secação gremista, o Goiás venceu o Independiente por 2 a 0, quarta-feira, em Goiânia, e ficou em vantagem na disputa pelo título da Sul-Americana e uma vaga na Libertadores. A situação, apesar de difícil, não desanimou a comunidade gremista.

Para chegar à Libertadores, agora, o Grêmio precisa derrotar o Botafogo, domingo, às 17h (horário de Brasília), no Olímpico, para confirmar o quarto lugar do Brasileirão e torcer por uma virada argentina. Três dias depois, em Avellaneda, O Independiente terá que superar os goianos por três gols. Vitória por 2 a 0 leva o jogo para a prorrogação.

"O Independiente jogou mal, mas pode virar o placar na Argentina. O Goiás poderia ter matado a disputa e não o fez. Se tivesse saldo qualificado a coisa seria mais complicada", comentou o atacante Jonas nesta quinta-feira. Pelo Twitter, o volante Adilson, logo após a partida, analisou: "Ficou para a Argentina! Seguiremos fazendo a nossa parte".

E a julgar pela movimentação desta quinta-feira no Olímpico, a torcida confia. Mesmo com os ingressos para a partida contra o Botafogo esgotados, dezenas de torcedores formaram filas na esperança de conseguir entradas. Foi em vão. A direção havia informado na quarta-feira que as bilheterias do estádio não iriam abrir.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirogrêmio

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG