Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vanderlei minimiza derrota e convoca torcida para jogo com o Guarani

Técnico lembra que Flamengo se mantém à frente do Atlético-MG e trata próximo confronto como uma verdadeira decisão, sábado, no Engenhão

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

A goleada por 4 a 1 sofrida para o Atlético-MG pode ter sido desastrosa moralmente para o Flamengo. Mas na tabela de classificação, ela ainda não teve uma grande influência para o time. É na matemática que o técnico Vanderlei Luxemburgo se apega para minimizar os efeitos da derrota em Sete Lagoas para tratar o próximo jogo, sábado, contra o Guarani, no Engenhão, como uma verdadeira decisão.

Vanderlei já prometeu uma conversa com a presidente Patrícia Amorim para baixar o preço dos ingressos para o confronto com o Guarani, que tem 36 pontos e enfrenta o Vitória, neste domingo, em Campinas. O Flamengo soma 40 pontos. O rival nesse momento abre a zona de rebaixamento.

"Nosso campeonato é diferente. Temos que analisar os jogos na frente. Se o Flamengo estivesse entre os líderes, com quatro pontos de vantagem sobre o segundo colocado, teria queimado gordura. Foi isso que aconteceu, mas nosso título é manter o time na primeira divisão. Só dependemos de nós e já convoco a torcida para esse jogo contra o Guarani, esse sim uma decisão", afirmou Vanderlei Luxemburgo.

No desespero, perdendo por 2 a 0 no primeiro tempo, Vanderlei fez três mudanças no intervalo. As entradas de Val Baiano, Marquinhos e Negueba renderam bem menos do que se esperava e o time acabou derrotado por 4 a 1.

"Alertei para a recomposição rápida e isso não aconteceu; Tivemos chances e não fizemos o gol no primeiro tempo. Depois, perdendo por 2 a 0, não tem o que esperar. Já fiz isso outras vezes e deu certo. Começamos o segundo tempo da mesma forma, mas o terceiro gol matou o jogo", explicou o treinador.

Leia tudo sobre: campeonato brasileiroflamengofutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG