Holandês fez três gols, enquanto o brasileiro marcou um e também errou em outros lances importantes do jogo que terminou 5 a 3

Getty Images
André Santos, Van Persie e outros jogadores do Arsenal comemoram a vitória na casa do Chelsea
O Chelsea recebeu neste sábado o Arsenal , para a disputa do clássico londrino válido pela décima rodada do Campeonato Inglês . Em um jogo eletrizante, os donos da casa saíram na frente no marcador, mas sofreram uma virada impressionante diante dos "Gunners", vitoriosos no clássico com o placar de 5 a 3, com gols de Van Persie (três vezes), André Santos e Theo Walcott.

Veja a tabela atualizada do Inglês

Com o ótimo resultado, o Arsenal subiu para o sexto lugar da classificação do Inglês, com 16 pontos conquistados, mesma soma do Tottenham, quinto colocado por conta dos critérios de desempate. Já o Chelsea segue na terceira posição provisória do torneio, aguardando agora a definição dos outros jogos desta rodada.

Leia também: Manchester United se recupera de humilhação e bate Everton

Impulsionado pelo seu torcedor em Stamford Bridge, o Chelsea se lançou ao ataque logo nos instantes iniciais da partida e impôs uma forte pressão sobre o Arsenal. A logo surtiu efeito e os "Blues" abriram o marcador. Na marca dos 14 minutos, Frank Lampard recebeu um belo cruzamento de Mata e marcou o primeiro do Chelsea no embate, o gol de número 6.000 da equipe londrina em sua história na Primeira Divisão da Inglaterra.

O Arsenal não se assustou após o gol sofrido. Reorganizando-se dentro de campo, os visitantes igualaram o marcador com Robin Van Persie. Aos 36 minutos, o atacante recebeu um belo passe de Gervinho e teve somente o trabalho de empurrar para o fundo das redes, empatar a partida e anotar seu oitavo tento nesta temporada.

O Chelsea manteve seu desempenho em campo e, aos 45 minutos, colocou-se novamente à frente no placar. Aos 45 minutos da etapa inicial, John Terry aproveitou a cobrança de escanteio de Lampard para concluir e fazer 2 a 1 para os donos da casa.

A vantagem, porém, não durou muito tempo. Após receber um belo passe pela esquerda, o brasileiro André Santos, aos 49 minutos, invadiu a grande área do Chelsea e chutou na saída de Petr Cech, igualando mais uma vez o placar para os "Gunners" no clássico.

No retorno para o segundo tempo, o Arsenal voltou mais decidido e levou perigo ao Chelsea nos instantes iniciais. Sem se importar com a pressão imposta pela torcida local, o time visitante se lançou ao ataque e, enfim, garantiu a virada.

Aos 10 minutos, o jovem Theo Walcott definiu o placar para os forasteiros, com um golaço. Em jogada individual, o jogador sofreu falta, caiu, se recuperou e, na sequência, driblou dois marcadores para acertar um poderoso chute no canto esquerdo de Cech e firmar o placar de 3 a 2 para o Arsenal na casa do Chelsea.

A felicidade da torcida dos "Gunners" durou pouco. Aos 35 minutos, André Santos falhou na saída de bola dos visitantes e viu Juan Mata acertar um lindo chute no ângulo direito de Szczesny e empatar a partida novamente, desta vez com o placar de 3 a 3.

Mesmo impulsionado pelo empate, o Chelsea não conseguiu se impor dentro de campo e deixou o nervosismo tomar conta de sua equipe. Reflexo disto foi o péssimo passe de Malouda para Terry. Sem conseguir dominar a bola, o zagueiro viu Van Persie sair sozinho na cara do gol e marcar 4 a 3 para o Arsenal, aos 40 minutos da etapa final.

O Arsenal ainda encontrou tempo para ampliar sua vitória diante do Chelsea. Na marca dos 47 minutos, Van Persie recebeu pela esquerda e com um lindo chute ampliou o marcador para 5 a 3, calando a torcida anfitriã no Stamford Bridge e defindo o resultado positivo para os visitantes na décima rodada do Campeonato Inglês.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.