Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Van der Sar acredita que é um "ótimo momento" para se despedir

Goleiro do Manchester United vai fazer seu último jogo como profissional na final da Liga dos Campeões

EFE |

O goleiro Edwin van der Sar, do Manchester United, fará na final da Liga dos Campeões deste sábado, contra o Barcelona, no estádio de Wembley, sua última partida como profissional, e considerou nesta quinta-feira que, aos 40 anos, escolheu o momento certo para parar.

"Vivi essa sensação de jogar uma final em Wembley há quatro anos (contra o Chelsea, pela Copa da Inglaterra) e é algo muito especial. Além disso, não há nada mais especial que uma final de 'Champions', sobretudo contra um grande adversário contra o Barcelona. Portanto, é um ótimo momento para me aposentar", comentou o arqueiro holandês.

Van der Sar se despediu no domingo passado do Campeonato Inglês após seis anos como goleiro titular do Manchester com o título do campeonato e espera coroar sua carreira com uma vitória em sua última aparição, no estádio londrino.

A conquista do título, no entanto, não seria algo inédito na carreira de Van der Sar, que levantou o troféu mais cobiçado do futebol europeu de clubes em 1995, pelo Ajax, e pelo próprio United, em 2008, após uma decisão contra o Chelsea decidida nos pênaltis, jogo que o goleiro considera um dos mais especiais dos mais importantes em 21 anos como profissional.

"Sempre nos lembramos mais das vitórias que das derrotas, é óbvio. O que mais me vem à cabeça é o pênalti de Anelka que defendi em 2008. Com essa defesa, ganhamos o troféu", lembrou o camisa 1 dos 'Diabos Vermelhos'.

O atleta holandês foi o titular na final contra os 'Blues' e também na do ano seguinte, em que o United foi derrotado por 2 a 0 pelo Barça. Para ele, a equipe catalã teve menos mudanças desde então. "Perdemos dois bons jogadores com as saídas de Cristiano Ronaldo e Tévez. Mas outros vieram, amadurecemos e talvez mudamos um pouco nossa forma de jogar. O Barça, por sua vez, segue jogando da mesma forma atrativa e positiva, e a maioria de seus jogadores de 2009 ainda estão lá", disse Van der Sar.

O goleiro acredita que será importante que o Manchester abra o placar. "A chave para nós é marcar o primeiro gol. Perdemos o primeiro gol em Roma (na decisão 2009) e foi bastante difícil nos recompormos. Portanto, se pudermos, mudaremos isso", finalizou.

Leia tudo sobre: futebol mundialinglaterramanchester united

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG