Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

"Vamos contratar dois atacantes", diz dirigente do Internacional

Vice de futebol Roberto Siegmann projeta a chegada de um jogador de referência e outro de velocidade

Gabriel Cardoso, enviado iG a Bento Gonçalves |

Reforçar o ataque será o principal objetivo do Inter em 2011. O vice de futebol Roberto Siegmann voltou a deixar claro que o clube vai qualificar mais o setor ofensivo. A novidade é que serão duas contratações. A ideia é trazer um camisa 9 de referência na área e um jogador de velocidade.

“Vamos contratar dois. Seguimos fazendo contatos e esperamos que já na próxima semana possamos anunciar alguém”, diz Siegmann.

O Inter não esconde a admiração por dois jogadores. O camisa 9 dos sonhos é Luis Fabiano, por quem o clube gaúcho fez uma oferta de empréstimo. O Sevilla se nega a liberar, o Inter mantém um pouco de esperança. Sem o Fabuloso, o clube busca alternativas. Rafael Moura, que estava no Goiás, é uma possibilidade. O nome de Máxi López, ex-Grêmio, foi descartado.

O jogador de velocidade vem para suprir a ausência de Taison. Desde a saída do jogador para o Metalist da Ucrânia, em agosto, o clube ficou carente de um jogador com esta característica. Roberto Siegmann admitiu que Rodrigo Palácio (ex-Boca Juniors, atualmente no Genoa da Itáia) é um jogador muito interessante e que qualquer clube gostaria de contratá-lo, mas que é muito difícil que o jogador saia da Europa. Diogo, que pertence ao Olympiakos da Grécia, e estava no Flamengo, é uma alternativa.

Além dos dois jogadores para o setor ofensivo, a diretoria vai buscar um volante. A projeção é que os três estejam no Beira-Rio em tempo de ficarem à disposição para a estreia da Libertadores, dia 16 de fevereiro, fora de casa, contra o Emelec do Equador.
 

Leia tudo sobre: Internacionalmercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG