Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Valencia bate o Espanyol e não deixa vantagem do líder aumentar

Equipe segue como terceira força no Campeonato Espanhol, atrás de Real Madrid e Barcelona, que venceram na rodada

Gazeta |

Com as vitórias de Real Madrid e Barcelona horas antes, na rodada, o Valencia entrou em campo pressionado para continuar perseguindo os dois favoritos ao título espanhol. Jogando em casa, a equipe do brasileiro Jonas - que entrou durante o segundo tempo - saiu na frente logo no começo do jogo, chegou a ceder o empate, mas cumpriu sua missão ao vencer por 2 a 1.

Confira a classificação do Campeonato Espanhol

Com a vitória, o terceiro colocado Valencia chegou aos 30 pontos. São quatro a menos que o vice-líder Barcelona - que tem um jogo a mais - e sete de desvantagem em relação ao Real Madrid, líder. O Espanyol, por sua vez, está em oitavo, com 17 pontos.

O jogo

Terceira força do futebol espanhol, o Valencia tinha a obrigação de se impor diante do Espanyol, que ocupa a zona intermediária da tabela. Nos primeiros minutos, deu certo. Logo aos cinco, Dealbert foi agarrado por Dídac após cobrança de escanteio e a arbitragem assinalou pênalti que Tino Costa converteu para inaugurar o marcador no Estádio Mestalla.

VEJA MAIS: Barcelona goleia Levante e vai embalado para o clássico
Pensando no Barça, Real chega à décima vitória seguida

Mas o Espanyol estava disposto a estragar a festa e o goleiro brasileiro Diego Alves foi exigido aos 19 minutos, em cobrança de falta de Weiss. Um minuto depois, foi a vez do arqueiro visitante, Cristian Álvarez, aparecer após chute cruzado de Aduriz. O equilíbrio dava o tom da partida.

No segundo tempo, o jogo ficou mais truncado. O Valencia perdeu em criatividade e acabou sofrendo o empate aos 23 minutos: Thievy cruzou à meia altura da direita e Héctor Moreno apareceu em meio aos marcadores para dominar e tocar por baixo de Diego Alves.

Os mandantes foram obrigados a retomar a ofensividade. Jonas, que entrara pouco antes do gol de empate, foi bastante acionado. O gol da vitória, que saiu aos 35, porém, não teve a participação do brasileiro. Logo em sua primeira participação no jogo, Soldado, que substituiu Aduriz, aproveitou cobrança de escanteio e testou firme, em diagonal, para garantir os 2 a 1 e a esperança de chegar perto dos dois gigantes do país.

Leia tudo sobre: futebol mundialvalenciaespanha

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG