Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Valencia afirma que em final não se joga bem, se ganha

Colombiano aponta Brasileirão como melhor campeonato do mundo e não acredita em favorecimento por parte de São Paulo e Palmeiras

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

 

Não é segredo para ninguém que o Flumimense do segundo turno não é o mesmo que dominou até com certa folga a primeira metade do Campeonato Brasileiro. Os números mostram bem isso. Nos últimos dez jogos a equipe de Muricy Ramalho conquistou somente três vitórias, sobre Avaí, Grêmio e Vasco, somando  apenas 14 dos 30 pontos disputados.

Titular contra o Goiás, Valencia prefere não contrariar os números e até concorda que o Fluminense não vem repetindo as boas atuações do primeiro turno do campeonato. No entanto, o colombiano foi enfático ao afirmar que nessa reta final , em que cada paritda é uma decisão, jogar bonito não faz nenhuma diferença e é o que menos importa.

Nesse momento do campeonato cada partida é uma final e e em final o que interessa é vencer  e não jogar bem. Temos que entrar nessas últimas três rodadas pensando apenas em conquistar os três pontos independentemente de jogar bonito, afirmou o volante.

O jogador não acha normal os 12 pontos perdidos para equipes que lutam contra o rebaixamento, mas discorda daqueles que acreditam em menosprezo . Para Valencia, a explicação é simples, o Campeonato Brasileiro é o melhor do mundo e não tem jogo fácil.

Esse times que estão na parte de baixo são fracos na teoria, mas de fracos não têm nada. Dentro de campo são times competitivos, com jogadores de qualidade e que só estão na parte debaixo da tabela porque tiveram maus momentos e não foram regulares durante toda a competição. Aqui  não tem jogos fácil, o Brasil tem é o melhor campeonato do mundo, assegurou o colombiano, que também não acredita em favorecimento por parte de são-paulinos e palmeirenses.

Lógico que não acreditamos nisso. Todos no Sâo Paulo e Palmeiras são profissionais sérios que vão entrar em campo para defender seus clubes pensando apenas em vencer. Eu nunca trabalhei num clube em que a torcida fizesse uma campanha pela internet pedindo para o time entregar o jogo para o adversário, explicou Valencia sobre uma suposta campanha feita por são-paulinos e palmeirenses para facilitarem a vida do Fluminense a fim de evitar o pentcampeonato do Corinthians.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminensefutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG