Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Valdivia diz que Alex Silva só fala b.... quando tem o microfone

Chileno não gosta de ser usado como termo de comparação por causa de expulsão de zagueiro

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

As provocações e polêmicas do clássico entre Palmeiras e São Paulo se estenderam após o término do jogo. Valdivia não reagiu bem ao saber que Alex Silva o usou como termo de comparação para justificar sua expulsão. O chileno pegou um pouco mais pesado após ser informado da frase do zagueiro são-paulino.

“Ele tem que calar a boca. Eu não falo nada, ele também não fala nada em campo. Então, quando tem um microfone na frente, ele só fala bosta”, disse o chileno em resposta à seguinte frase de Alex Silva.

“O Valdivia deu uma cabeçada no Miranda e ele (árbitro) não viu. Não sei se o Kleber foi na maldade ou não, mas deixou o braço no Miranda. Esse é o critério. Se for usar de um lado, tem que usar do outro. Fui lá e dei um empurrão no Adriano, mas não o agredi. Ele poderia dar cartão pro Kleber no lance com o Miranda também. Nunca agredi ninguém, fui mesmo chamar a atenção dele porque ele é um atacante e tentou cavar pênalti", afirmou o camisa 3, para depois completar:

"Miranda falou que foi agredido. Todas as vezes que tive com o Kleber ganhei as jogadas. Não vou entrar em polêmica com ele, não. Fico chateado só com o critério", finalizou o zagueiro.

Miranda e Alex Silva têm históricos de confusões envolvendo os palmeirenses Valdivia e Kleber. Em 2008, por exemplo, o chileno foi empurrado por Miranda após mandar Rogério Ceni calar a boca durante a comemoração do gol que selou a classificação do Palmeiras à final do Paulistão.

Kleber, por sua vez, já se envolveu em confusão com Alex Silva, Miranda e até mesmo André Dias durante os dois últimos anos em que jogou pelo Palmeiras e pelo Cruzeiro.

Leia tudo sobre: palmeirassão paulocampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG