O torcedor chora e nós choramos junto - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vagner Mancini, sobre o Guarani: O torcedor chora e nós choramos junto

Time de Campinas foi bem no primeiro turno do Brasileirão, mas teve returno desastroso e vai disputar a Série B em 2011

Gazeta Esportiva |

As esperanças acabaram no Guarani e só restaram lamentações. Derrotado por 3 a 1 pelo Grêmio, o clube de Campinas está matematicamente rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro. O técnico Vagner Mancini, que permaneceu à frente do grupo durante toda a campanha, lamentou o resultado e endossou a tristeza campineira.

"Eu disse que o Guarani não iria cair, e não foi uma vez só, justamente para formar uma onda de positivismo, mas infelizmente nós acabamos não acertando o que deveria ser acertado, tivemos um segundo turno muito ruim e estou aqui pra falar de um descenso que eu jamais queria", afirmou o comandante.

De maneira geral, a temporada foi de fracassos para o time campineiro, a começar pelo desempenho pífio no Campeonato Paulista. Em um ano que prometia ser de investimentos reforçados, a despeito dos graves problemas financeiros do clube, o time não só ficou sem o acesso na Série A2 do Estadual como quase foi rebaixado à terceira divisão, ainda com Oswaldo Alvarez (Vadão) no comando.

Mancini chegou com a promessa de manter a equipe na elite nacional para 2011, ano do centenário do clube. "Joguei no Guarani, vesti essa camisa e infelizmente isso aconteceu na minha mão. O torcedor que chora pode ter certeza de que nós choramos juntos", complementou o treinador, insatisfeito com a campanha protagonizada na competição.

O Guarani cumpre tabela na última rodada contra o Fluminense, líder e principal candidato ao título do Campeonato Brasileiro. O duelo está marcado para as 17h (horário de Brasília), no Engenhão.

Leia tudo sobre: campeonato brasileiroguarani

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG