Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Uruguai só empata com o Peru e repete decepções dos favoritos

Uruguaios chegaram a sair atrás no placar, mas Luis Suárez conseguiu salvar o time da derrota

Gazeta |

Na sexta-feira, a Argentina decepcionou ao empatar com a Bolívia. No domingo, foi a vez da seleção brasileira empacar contra a Venezuela. Nesta segunda, outro favorito não estreou como se esperava: o Uruguai, que ficou no empate por 1 a 1 com o Peru, no estádio Bicentenário, em San Juan.

O Peru, mesmo com muitos desfalques, começou melhor e abriu o placar aos 23 minutos do primeiro tempo com o atacante Guerrero. O Uruguai melhorou e conseguiu igualar o marcador aos 45 minutos do primeiro tempo, com Luis Suárez, mas não conseguiu manter a boa toada no segundo tempo. Diego Forlán chegou a perder uma grande chance, cara a cara com o goleiro.

As duas equipes voltam a campo na sexta-feira, em Mendoza. Enquanto o Peru encara o México, às 19h15 (de Brasília), os uruguaios duelam com o Chile, às 21h45. 

O jogo
As lesões desfiguraram o time peruano: o zagueiro Carlos Zambrano, o lateral esquerdo Jesús Rabanal, os meias Luis Ramírez, do Corinthians, além de Claudio Pizarro, e o atacante Jefferson Farfán estão lesionados. Sem eles, quem assumiu o posto de destaque da equipe comandada pelo técnico Sergio Markarián foi o atacante Guerrero.

O insistente jogador travou um duelo particular com o zagueiro Diego Lugano, capitão da Celeste. Aos 23 minutos, o ex-são-paulino ficou para trás após lançamento preciso de Guevara. Livre, Guerrero disparou em velocidade, driblou o goleiro Muslera e tocou para o gol vazio.

AP
Guerrero deixou o goleiro do Uruguai no chão e abriu o placar no jogo

Nervoso, o Uruguai demorou a se encontrar. Os comandados de Oscar Tabárez só conseguiram dominar o rival no fim do primeiro tempo, com Forlán como destaque. Aos 38 minutos, ele bateu falta da esquerda, Acasiete desviou no primeiro poste e quase marcou contra. Três minutos depois, dessa vez em cobrança mais frontal, ele exigiu elasticidade do goleiro Fernández.

O gol de empate, no entanto, saiu de um lance brilhante de Nicolás Lodeiro na entrada da área. Cercado por peruanos, ele deu um passe preciso para Luis Suárez, que ficou cara a cara com o arqueiro adversário e só precisou empurrar a bola para o fundo do gol: 1 a 1.

O Peru começou bem também no segundo tempo e Advíncula, em subida pela direita, assustou o goleiro Muslera. O Uruguai respondeu aos 23 minutos: Forlán aproveitou bobeira da defesa, tabelou com Suárez e, cara a cara com Fernández, chutou por cima.

Com o jogo equilibrado, Tabárez deixou o Uruguai com quatro atacantes em campo: ele trocou um avante por outro com a entrada de Abel Hernández na vaga de Cavani e depois trocou o meia Lodeiro por Cristian Rodríguez, outro atleta para fazer companhia a Suárez e Forlán.

Travado pela boa marcação adversária, a "Celeste" não conseguiu pressionar. Para piorar, esteve perto de perder o jogo. Aos 45 minutos, Vargas cruzou da esquerda e encontrou Guerrero sozinho na área e o peixinho do centroavante passou à direita de Muslera, com perigo.

AP
Luis Suárez (à direita) pelo menos salvou Forlán e companhia de um vexame maior na Argentina

FICHA TÉCNICA
URUGUAI 1 x 1 PERU

Local: Estádio Bicentenário, em San Juan (Argentina)
Data: 4 de julho de 2011 (Segunda-feira)
Horário: 19h15(de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)
Assistentes: Humberto Clavijo (Colômbia) e Hernán Maidana (Argentina)
Cartões Amarelos: Martín Cáceres (Uruguai); Santiago Acasiete, Juan Manuel Vargas, Rinaldo Cruzado e Paolo Guerrero (Peru)

Gols:
PERU: Guerrero, aos 23 minutos do primeiro tempo
URUGUAI: Luis Suárez, aos 45 minutos do primeiro tempo

URUGUAI: Fernando Muslera; Maximiliano Pereira, Diego Lugano, Mauricio Victorino e Martín Cáceres; Diego Pérez, Arévalo Ríos e Nicolás Lodeiro (Cristian Rodríguez); Luis Suárez, Diego Forlán e Edinson Cavani (Abel Hernández)
Técnico: Óscar Tabárez

PERU: Raúl Fernández; Renzo Revoredo, Alberto Rodríguez, Santiago Acasiete e Walter Vílchez; Adán Balbín, Michel Guevara (Carlos Lobatón), Yoshimar Yotún (Juan Manuel Vargas) e Rinaldo Cruzado; Luis Advíncula (William Chiroque) e Paolo Guerrero
Técnico: Sergio Markarián

Leia tudo sobre: UruguaiPeruCopa América 2011futebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG