Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Universidad de Chile vence a LDU e é campeã da Copa Sul-Americana

Sensação do futebol continental, equipe chilena passa fácil por equatorianos e faz a festa em Santiago

Gazeta |

EFE
Acosta, da LDU (à esquerda), disputa bola com Aranguiz, da Universidad
Iluminada, a Universidad de Chile venceu a LDU por 3 a 0 na noite desta quarta-feira, e coroou uma campanha histórica na Copa Sul-americana. Os gols de Eduardo Vargas, duas vezes, e Lorenzetti fizeram os garotos chilenos chegarem a 35 partidas sem perder na temporada, além de proporcionarem a primeira conquista continental do clube, de forma invicta.

Leia mais sobre futebol internacional no iG Esporte

O resultado ainda coroa o ano de 2011, que já teve o caneco do Clausura chileno, e pode ter o do Apertura, competição pela qual a equipe encara a xará Católica pela semifinal, no próximo final de semana.

De quebra, a Universidad garantiu também presença na Recopa Sul-americana, a ser disputada no meio do ano que vem, onde enfrentará o Santos, campeão da Libertadores.

O Jogo
O time da casa fez questão de afastar os maus fluídos que ronam o estádio Nacional de Santiago logo aos dois minutos de bola rolando. Após cruzamento vindo da direita, a defesa equatoriana afastou mal e o garoto Eduardo Vargas, grande destaque da campanha, bateu de primeira para marcar um belo gol.

O time anfitrião continuou pressionando, e só não ampliou aos sete devido a excelente aparição do goleiro Dominguez. Primeiro Aránguiz achou Castro na frente e o camisa 16 chutou firme, mas parou na boa saída do arqueiro. No rebote, Vargas bateu e o goleiro espalmou novamente.

Reuters
Vargas, destaque da La U, comemora o primeiro de seus dois gols

Acanhada, a LDU só chegava em bolas paradas batidas por Equi Gonzáles, mas, mesmo assim, não obtinha nenhuma chance clara de vazar o ex-corintiano Johnny Herrera. Em contrapartida, Canales, Vargas e Castro continuavam levando perigo.

Na melhor delas antes do intervalo, Rodríguez fez jogada individual, soltou uma bomba e Domínguez espalmou. No rebote, Mena chegou para chutar, mas acabou travado pela defesa e viu a bola ir para escanteio.

Veja também: Novos copeiros, La U e LDU decidem a Sul-Americana

Na etapa final, mais show dos donos da casa, parados com muita violência na maioria das vezes. Quando os visitantes ameaçaram dar um susto, aliás, Guagua acabaou acertando um soco em Lorenzetti, na disputa pelo alto, e foi expulso, deixando La U mais tranquila.

A partir dali, foi um verdadeiro bombardeio no goleiro Domínguez, até uqe Vargas tabelou com Aranguíz e chutou. O arqueiro equatoriano espalmou e Lorenzetti, no rebote, marcou o segundo tento.

Para fechar com chave de ouro, o artilheiro do torneio deu um toque de classe ao triunfo. Aos 42 minutos, ele recebeu na entrada da área, passou por dois adversários e tocou com categoria na saída de Domínguez para explodir os 55 mil presentes ao estádio Nacional.

FICHA TÉCNICA
UNIVERSIDAD DE CHILE 3 X 0 LDU-EQU

Local: Estádio Nacional, em Santiago (Chile)
Data: 14 de dezembro de 2011, quarta-feira
Horário: 22h15 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Seneme (Brasil)
Auxiliares: Alessandro Rocha e Emerson de Carvalho (ambos do Brasil)
Cartões Amarelos: Osvaldo Gonzáles, Rodríguez, Vargas e Díaz (Universidad); Hidalgo, Equi González, Barcos
Cartões Vermelhos: Rodríguez (Universidad); Guagua (LDU)
Gols: Vargas, aos dois minutos do primeiro tempo e aos 42 do segundo tempo, e Lorenzetti, aos 34 do segundo tempo 

UNIVERSIDAD DE CHILE: Johnny Herrera; Matías Rodríguez, Osvaldo González, Marcos González e Eugenio Mena; José Rojas, Aránguiz e Marcelo Díaz; Eduardo Vargas, Canales (Rivarola) e Francisco Castro (Lorenzetti)
Técnico: Jorge Sampaoli

LDU: Alexander Domínguez; Reasco (Gámez), Norberto Araújo, Guagua e Calderón; Acosta, Ambrosi, Hidalgo e Bolaños; Equi González e Barcos
Técnico: Edgardo Bauza

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG