Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Universidad de Chile elimina Arsenal e pega o Vasco na semifinal

Após vencer o jogo de ida, time chileno passa por equipe argentina sem dificuldades e avança

Gazeta |

Depois de vencer o jogo de ida por 2 a 1, a Universidad de Chile derrotou o Arsenal, da Argentina, por 3 a 0, no Estádio Nacional de Santiago e enfrenta o Vasco na semifinal da Copa Sul-americana. Na outra chave, o Vélez Sarsfield vai enfrentar a LDU.

Já tranquilos pelo resultado da ida, os chilenos praticamente confirmaram a vaga logo aos 11 minutos de bola rolando. Vargas, em posição legal e livre na área, empurrou para as redes e saiu comemorando. A arbitragem exitou, mas confirmou a abertura do placar e irritou os visitantes, que se aglomeraram em torno do auxiliar, que chamou a responsabilidade por validar o gol.

Leia mais: Entenda a matemática do Vasco para ser campeão brasileiro

O lance desestabilizou o Arsenal, que sofreu o segundo aos 45 minutos do primeiro tempo, quando Castro só precisou empurrar a bola para as redes para concluir contra-ataque com êxito.

O Vasco é vice-líder. Veja a classificação e os próximos jogos do Brasileirão

No segundo tempo, os torcedores do time chilneo gritaram até "olé" para comemorarem a atuação segura da equipe, que já foi responsável por eliminar o Flamengo do torneio continental. A festa ficou completa aos 11 minutos, quando Canales ampliou para 3 a 0. Dez minutos depois, Leguizamón ainda foi expulso e fez com que os últimos minutos do Arsenal na competição fossem melancólicos.

As semifinais da Copa Sul-Americana serão disputadas nos dias 23 e 30 de novembro, mas a ordem dos mandos ainda não está definida. O título será definido nos dias 7 e 14 de dezembro.

LDU consegue classificação dramática

Após vencerem o jogo de ida, em Quito, por 1 a 0, a equatoriana LDU conseguiu segurar o Libertad, do Paraguai, por quase 90 minutos. No último lance da partida, no entanto, Velásquez marcou de cabeça, garantiu o 1 a 0 a favor do Libertad e levou a decisão para os pênaltis, vencida por 6 a 5 pelos equatorianos. O goleiro Domínguez virou herói ao defender a batida de Maciel.

 

Leia tudo sobre: vascocopa sul-americana 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG