Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

United aproveita pênalti mal marcado, bate QPR e abre vantagem

Com o resultado, os Diabos Vermelhos, líderes da competição, chegaram ao oitavo triunfo consecutivo e agora somam 79 pontos

Gazeta |

O Manchester United não foi brilhante, mas fez sua parte e bateu o ameaçado Queens Park Rangers, por 2 a 0, no Old Trafford. Para conseguir o triunfo, porém, que deixou a equipe a oito pontos do vice-líder City, os Diabos Vermelhos contaram com a marcação de um pênalti inexistente a seu favor, logo aos 15 minutos de partida.

Em lançamento dentro da área, Young caiu dentro e o árbitro Lee Mason considerou que Derry empurrou o jogador do atual campeão inglês, expulsando o atleta do QPR. A jogada, porém, deveria ter sido anulada, uma vez que o meia-atacante do United estava impedido quando recebeu a bola dentro da área.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Alheio ao erro da arbitragem, Rooney foi para a bola e bateu com categoria, no canto direito do goleiro Kenny, que acertou o lado, mas não conseguiu tocar na bola. A partir disso, porém, o United teve dificuldades para entrar dentro da área rival. Com um jogador a menos, o QPR era modesto e tentava apenas manter a desvantagem mínima.

Embora com mais de 70% da posse de bola, o time de Alex Ferguson pouco produziu após o gol e foi para o vestiário no intervalo com 1 a 0 em seu favor. No retorno, Welbeck chegou a marcar para os anfitriões, mas a arbitragem anulou o lance, acusando o impedimento.

Confira a classificação atualizada do Campeonato Inglês

Decidido a ampliar, o Manchester testou o goleiro Kenny em chute de Rooney de fora da área. O arqueiro do Queens Park Rangers, porém, estava atento e fez boa defesa. O segundo gol, porém, sairia apenas aos 22 minutos.

Após receber passe de Rafael, o 'ex-aposentado' Scholes arriscou de fora da área, e acertou o canto direito de Kenny, que, desta vez, nada pôde fazer. Com a vantagem mais confortável, o United mantinha mais de 70% de posse de bola, e esteve próximo de ampliar com chute de fora da área de Carrick, que acertou a trave. Depois do lance, os comandados de Ferguson passaram a administrar o resultado, que os aproxima do 20º título inglês.

Com o resultado, os Diabos Vermelhos, líderes da competição, chegaram ao oitavo triunfo consecutivo e agora somam 79 pontos, oito na frente do City, a seis rodadas do final da Premier League. O QPR, por sua vez, estacionou nos 28, e corre séria ameaça de rebaixamento à segunda divisão inglesa.

Leia tudo sobre: futebol mundialinglaterramanchester united

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG