Enquanto time da casa precisa vencer para sair da zona de rebaixamento, visitantes tentam manter a ponta

Separados por quase 20 pontos, Atlético-MG e Corinthians se enfrentam no Ipatingão, nesta quarta-feira, às 21h50, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar da liderança da competição , a equipe paulista passa por um momento de pressão, já que caiu de rendimento e teve resultados ruins nas últimas rodadas, apenas seis pontos conquistados nos últimos 18 disputados. No lado mineiro a pressão é ainda maior, já que um dos clubes que mais investiu na formação do elenco, R$ 28 milhões somente em 2011, está dentro da zona de rebaixamento .

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

Nem mesmo o fator casa pode ajudar o Atlético-MG, que sem poder contar com o Mineirão, tem atuado em Sete Lagoas e em Ipatinga. No Vale do Aço, foram quatro partidas e três derrotas como mandante. Se antes o time tinha total apoio da torcida, o momento é de muita cobrança.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

“Está tendo pressão em todo lugar, em Ipatinga também. Temos de saber lidar com isso, time não está bem, torcida cobra, tem direito de cobrar, mas temos de ter cabeça boa, confiar no companheiro para sair disso. Em Ipatinga vai ter pressão também, não adianta achar que não vai ter”, disse o zagueiro Werley , que deve ser titular mais uma vez, já que Leonardo Silva continua suspenso.

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

Depois de voltar contra o Ceará, Liedso vai ser titular do Corinthians contra o Atlético-MG
AE
Depois de voltar contra o Ceará, Liedso vai ser titular do Corinthians contra o Atlético-MG
Pressionado e com problemas, o técnico Cuca não divulgou qual vai ser a escalação do Atlético-MG. Nem mesmo pistas foram dadas sobre a formação do time. Os desfalques são o zagueiro Leonardo Silva e volante Serginho , suspensos, além do atacante André , fora do jogo por conta de uma entorse no tornozelo esquerdo.

Se o Atlético-MG joga amenizar a pressão de sua torcida, o Corinthians quer tirar proveito da situação. O goleiro Júlio César diz que não será fácil atuar contra a equipe mineira, em crise e na zona de rebaixamento, mas é exatamente por isso que o Corinthians precisa jogar para vencer, mesmo atuando longe do Pacaembu.

“Olhando pelo lado positivo, não perdemos há dois jogos fora (contra Santos e Atlético-PR ). O Atlético Mineiro está numa situação difícil, é um time grande, mas a gente tem de aproveitar a pressão que estão passando para que a gente possa se reabilitar no campeonato”, disse o goleiro.

Para este jogo, o técnico Tite terá a volta de Liedson ao time titular. O atacante, recuperado de cirurgia no joelho esquerdo, desfalcou o time por cinco jogos e retornou no domingo, contra o Ceará, quando atuou por 30 minutos. É prevista sua utilização por pelo menos 60 minutos em Ipatinga.

Com o retorno de Liedson, quem perde a vaga no time é Willian . O atacante, dono da artilharia do time no Brasileiro ao lado exatamente de Liedson e Paulinho, com cinco gols, vive jejum de sete jogos e perdeu espaço para Alex , em alta nos últimos três jogos.

“Nós montamos uma linha de três, com um jogador de referência na frente. Ele (Willian) teve um grande momento. E começou a ter a concorrência com Alex. Alguém ia ter de sobrar nessa situação. O momento é do Alex, do Danilo , do Jorge e do retorno do Liedson”, disse Tite.

Na defesa, o Corinthians tem dois desfalques importantes. O capitão Chicão , suspenso, dará lugar a Wallace . Na lateral-esquerda, Ramon , substituto do titular Fábio Santos –fora pelos próximos 50 dias - sentiu lesão na coxa direita e será substituído por Welder , que será improvisado no setor.

FICHA TÉCNICA – ATLÉTICO-MG X CORINTHIANS
Local:
Ipatingão (MG)
Data: 17 de agosto de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Rodrigo Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Edney Guerreiro Mascarenhas (RJ)

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Patric, Réver, Werley e Guilherme Santos; Fillipe Soutto, Richarlyson, Dudu Cearense e Bernard; Magno Alves e Guilherme.
Técnico: Cuca.

CORINTHIANS: Júlio César; Alessandro, Wallace, Leandro Castán e Welder; Ralf, Paulinho, Danilo e Alex; Jorge Henrique e Liedson.
Técnico: Tite.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.