Rogério Ceni também falou das falhas do São Paulo no duelo contra o Coritiba, mas exaltou os três pontos conquistados fora de casa

Meio-campista Lucas em ação contra o Coritiba
AE
Meio-campista Lucas em ação contra o Coritiba
Foi sofrido, suado e emocionante, principalmente no segundo tempo, mas o São Paulo conseguiu mais uma vitória fora de casa, a 5ª em sete jogos disputados no Brasileirão. Depois dos 4 a 3 sobre o Coritiba , o meio-campista Lucas , autor de um dos gols da equipe, pediu mais inteligência ao seu time quando conseguir abrir vantagem no placar.

Siga o iG São Paulo no Twitter

"Com certeza, nós mesmos complicamos o jogo. Com um jogador a mais, precisávamos ter inteligência e depois virou um sufoco. As vitórias escondem os erros, não podíamos tomar esses gols. Vamos ver onde erramos, mas estamos de parabéns", disse o jovem meia, que explicou seu gol em poucas palavras. "Consegui roubar a bola, acertei um belo chute".

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

O capitão Rogério Ceni corroborou o discurso do camisa 7 e disse que o São Paulo precisa evoluir. "Não tivemos objetividade necessaria para liquidar no segundo tempo. Temos que evoluir, melhorar. Foi assim contra o Atlético-GO e hoje por pouco a gente não perde. Depois que se faz 3 a 0, nunca se pode perder os 3 pontos. Mas vencemos, isso que é importante", avaliou o camisa 1.

null

Para o arqueiro, a sua equipe relaxou na segunda metade da partida, muito em função da arbitragem. "Temos muito a melhorar e a aprender. É impevisivel abrir 3 a 0 no Coritiba, mas é menos previsível ainda passar esse sufoco. O juiz estava marcando faltas próximas da área, parando o jogo a favor do Coritiba. A gente tinha o receio de não fazer falta, não tomar cartão e por isso demos espaço para o rival", finalizou.

Já o atacante Dagoberto se mostrou aliviado com o apito final, mas, assim como seus companheiros, disse que essas bobeiras não podem acontecer. "Emocionante, né? Uma pitadinha de desespero no fim. Mas é o futebol, estamos de parabéns. Era normal o time deles ir para cima, eles estavam tomando de quatro. Mas não podemos dar essas bobeiras", completou o atacante.

O próximo adversário do São Paulo será o Vasco, domingo, no estádio do Morumbi. Como o Corinthians não jogou neste meio de semana, a vitória sobre o Coritiba deixou o time de Adilson Batista a apenas três pontos do arquirrival paulista, líder da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.