Time somou apenas cinco pontos em 15 disputados no Brasileiro e atacantes ainda vivem jejum de gols

Há um mês, o Vasco conquistava a Copa do Brasil . No dia 8 de junho, o time perdia de 3 a 2 para o Coritiba, no Couto Pereira, mas a vitória de 1 a 0 na primeira partida garantiu o título inédito ao clube de São Januário. Passados 30 dias, a realidade é outra. De novidade, apenas a estreia de Juninho Pernambucano , autor do gol na derrota de 2 a 1 para o Corinthians, quarta-feira, no Pacaembu. Fora isso, o time não vem acumulando bons resultados. 

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Destaques na Copa do Brasil, Diego Souza e Alecsandro não têm repetido as boas atuações
Divulgação
Destaques na Copa do Brasil, Diego Souza e Alecsandro não têm repetido as boas atuações
Foram cinco partidas desde a conquista do torneio nacional, e a equipe comandada por Ricardo Gomes conseguiu apenas uma vitória: 1 a 0 sobre o Atlético-GO , na sexta rodada do Campeonato Brasileiro . Ao todo, o Vasco contabilizou mais dois empates e duas derrotas, sendo estas duas consecutivas: além de perder no Pacaembu, havia sido surpreendido em casa para o Cruzeiro, por 3 a 0

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

Foi a primeira vez que o Vasco perde duas vezes seguidas sob o comando de Ricardo Gomes com o time principal. Antes, fora derrotado para o Coritiba pelo Brasileiro, 5 a 1 , e na sequência por 3 a 2, na final na Copa do Brasil. Só que a goleada imposta pelo time paranaense foi contra os reservas vascaínos, já que os titulares foram poupados para a decisão. 

Após a conquista do título, o primeiro compromisso foi diante do Figueirense, no jogo que marcou a apresentação de Juninho: 1 a 1 . Em seguida, depois de estar vencendo o Grêmio no Olímpico, cedeu o empate a seis minutos do fim . Assim, dos 15 pontos disputados, o Vasco conquistou apenas cinco. No total, soma 11 e ocupa a 10ª posição na tabela. 

Se a campanha pós-Copa do Brasil não agrada, o mesmo pode-se dizer com relação a alguns jogadores importantes na histórica campanha. Diego Souza e Alecsandro são os mais criticados. Nenhum dos dois balançou a rede desde então. Os gols vascaínos nestes 30 dias foram marcados por Eder Luis , Bernardo , Felipe e Juninho . Na derrota para o Corinthians, Ricardo Gomes perdeu a paciência com Diego em alguns momentos, corrigindo seu posicionamento em campo.

Alecsandro não marca há cinco jogos. Mas, para o atacante, a irregularidade do time é o que preocupa, não o jejum de gols. “Se fosse uma marca maior do que cinco jogos, estaria mais preocupado. Claro que atacante vive de gols, só que o que incomoda neste momento são as derrotas seguidas do Vasco. Temos que encontrar o equilíbrio da Copa do Brasil”, disse o atacante vascaíno.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.