Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Um dos favoritos à Bola de Ouro da Fifa, Iniesta nega obsessão pelo prêmio

Estar na lista de 23 candidatos já é uma satisfação pessoal, afirmou o meio-campista do Barcelona e da seleção espanhola

EFE |

O meia espanhol Andrés Iniesta, do Barcelona, disse nesta sexta-feira que sonha em conquistar o prêmio Bola de Ouro da Fifa, ao qual está concorrendo com outros 22 jogadores, mas garantiu que a eleição não vem tirando seu sono.

"Quem sou eu para dizer que mereço a Bola de Ouro? Mentiria se dissesse que não me importo, mas não é uma obsessão. Estar na lista de 23 candidatos já é uma satisfação pessoal", afirmou Iniesta em entrevista publicada pelo jornal francês "L'Équipe".

O atleta revelou que não acredita que o fato de ter marcado o gol do título da Espanha na última Copa do Mundo, na vitória por 1 a 0 sobre a Holanda na final, seja um argumento suficiente para que seja eleito.

"Não acho que um jogador ganhará a Bola de Ouro graças a um gol. Se Andrés Iniesta tem a sorte de alcançá-lo será graças a um conjunto de coisas", declarou o meia, que citou como favoritos, entre outros, seus compatriotas Iker Casillas e Xavi Hernández, o argentino Lionel Messi e o holandês Wesley Sneijder.

Apesar de estar entre os favoritos para conquistar o prêmio, que este ano une a escolha da Fifa com o Bola de Ouro da revista "France Football", Iniesta reconheceu que a temporada 2009/2010 não foi das melhores para ele por conta das contusões.

"Não pude começar a temporada por conta de uma lesão que se arrastava desde a final da Liga dos Campeões, em Roma. Depois, tive outra lesão que me tirou do Mundial de clubes. Em abril, outra pequena, que me parou por dez dias. Depois, uma mais importante na perna direita que durou seis semanas", recordou.

Leia tudo sobre: espanhafutebol internacional

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG