Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Um ano após quase ter se aposentado, Deco vira peça chave no Flu

Com preparação diferente, meia se livra de lesões, atua mais e impressiona colegas com técnica

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Photocamera
Deco (à esq.), Thiago Neves e Diguinho dão volta olímpica do título da Taça Guanabara
Exatamente há um ano, o meia Deco repensava a carreira. Após sofrer uma grave lesão na coxa - uma das muitas sentidas nos primeiros meses de Fluminense - contra o Olaria, apenas na segunda rodada da Taça Guanabara, o jogador se isolou por alguns dias no interior de São Paulo, cogitou se aposentar e se aconselhou com amigos e familiares. A vontade de conquistar títulos nas Laranjeiras foi maior. Sorte do time carioca, que nesta temporada viu o 'renascimento' do meia.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Os números das temporadas 2011 e 2012, em parte, já mostrariam o bom momento vivido pelo jogador. No início do Campeonato Carioca do ano passado, até esta mesma data, foram apenas dois jogos disputados. Pouco mais de 90 minutos em campo, nenhum gol e uma lesão séria, que deixou o jogador afastado por dois meses, enquanto o Fluminense caía na semifinal da Taça Guanabara para o Boavista.

Leia mais: Abel diz que Flu buscará Taça Rio, mas Libertadores é prioridade

Neste ano, no mesmo período, foram seis jogos (cinco pelo estadual e um da Copa Libertadores), 458 minutos no gramado, dois gols, duas assistências e um título. Título, aliás, que contou com grande atuação do jogador. Autor de um dos gols da vitória de 3 a 1 sobre o Vasco, Deco distribuiu passes de primeira, lançamentos e até 'chapéu' em Juninho Pernambucano.

Leia também: Vice de futebol diz que Abel sempre esteve 'blindado' no cargo

Preparação especial
A (má) experiência vivida em 2011, serviu para nortear o trabalho da comissão técnica com o jogador durante a pré-temporada. Nos primeiros dias em Mangaratiba, onde o time ficou concentrado, o preparador físico Cristiano Nunes revelou a programação para o experiente meia de 34 anos. Exercício de fortalecimento da região pélvica, para reduzir a incidência de lesões, e poupar o atleta de jogos quando fosse necessário.

Veja mais: Deco ganha elogios de Fred e acha que 'deu sorte' em golaço

AE
Deco tem tido ótimo começo de ano no Flu
"Nós gostaríamos de contar com ele no maior número de partidas, mas o feedback dele vai ser importante. Uma vez ou outra, talvez tenhamos que tirar de uma partida oficial", disse Nunes.

Vídeo: Veja imagens dos bastidores da conquista do Fluminense

A intenção se confirmou. Deco ficou de fora de quatro partidas no estadual. Contra Friburguense, Duque de Caxias, Americano e Bangu. As duas últimas, uma semana antes da semifinal contra o Botafogo. Descansado, o luso-brasileiro teve boa atuação na semifinal, para depois brilhar na decisão contra o Vasco, no último domingo.

Técnica impressiona colegas
Após a vitória sobre o Vasco, no último domingo, entre elogios ao coletivo do time das Laranjeiras, um jogador era apontado por quase todos do elenco como o diferencial. E se a 'orquestra' tricolor tocou muito bem afinada na decisão da Taça Guanabara, em parte deve-se aos méritos de Deco, responsável por armar o time e conversar com os atletas mais jovens do Fluminense.

"O Deco é brincadeira, é um monstro, um fenômeno. Foi fora de série hoje. Com a qualidade e experiência que ele tem, eu só posso agradecer por jogar ao seu lado", disse Thiago Neves, que teve os elogios reforçados por Fred.

"Mais uma vez ele mostrou sua qualidade. Em forma, não tem para ninguém. É um verdadeiro guerreiro. Representa muito dentro de campo, sempre orientando a todos", declarou o capitão do Fluminense.

Ajude o time do Fluminense a subir no ranking da Torcida Virtual

Leia tudo sobre: FluminenseCampeonato Carioca 2012Abel BragaDeco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG