Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Uefa pede o fim dos amistosos de seleções em agosto

Entidade não quer partidas no mês em que a temporada no futebol europeu está começando

AE |

selo

Após dois dias de reunião do seu Comitê Executivo, em Limassol, no Chipre, a Uefa divulgou resolução, nesta quinta-feira em que pede que a Fifa acabe com os amistosos de seleções nacionais em agosto, mês em que a temporada no futebol europeu está começando. A intenção é evitar que os jogos atrapalhem a preparação dos jogadores.

A posição adotada nesta quinta-feira pela Uefa é resultado da pressão dos principais clubes europeus, que reclamam por ter de ceder constantemente seus principais jogadores para as seleções nacionais, principalmente durante o período de pré-temporada e de começo da temporada, quando o risco de contusão é bem maior.

Outra mudança pedida pela Uefa, após o congresso no Chipre, é que o calendário da Fifa reserve apenas datas para dois jogos seguidos de seleções - acabando, portanto, com os compromissos isolados. Assim, os técnicos das equipes nacionais teriam tempo de fazer um trabalho melhor e diminuiria o desgaste dos jogadores com viagens.

A melhora no calendário, principalmente com a criação de um modelo único para todo o futebol europeu, é uma prioridade para a Uefa, segundo admitiu o próprio presidente da entidade, Michel Platini. Por isso, o congresso encerrado nesta quinta-feira no Chipre foi encarado apenas com um mais um passo nesse processo de aperfeiçoamento.

Leia tudo sobre: futebol mundialuefa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG