Tamanho do texto

A entidade penalizou a equipe escocesa após as manifestações dos torcedores na partida contra o Rennes na Liga Europa

selo

A Uefa anunciou nesta segunda-feira uma multa de 15 mil euros (cerca de R$ 36 mil) ao Celtic, da Escócia. O clube foi punido por conta das manifestações de apoio da torcida ao grupo extremista IRA (Exército Republicano Irlandês) durante a partida contra o Rennes, no dia 3 de novembro, pela Liga Europa.

Leia mais: Goetze sofre lesão e desfalca Borussia até janeiro

O painel disciplinar da Uefa decidiu pela multa após a denúncia de um policial escocês, que teria presenciado torcedores entoando "canções ilícitas", de apoio ao IRA, nas arquibancadas durante o jogo.

Confira ainda: UEFA inicia venda de novo lote de ingressos da EURO 2012

O Celtic já havia escapado de uma punição semelhante no Campeonato Escocês, em outubro. Preocupado com a situação, o principal executivo do clube, Peter Lawwell, pediu aos torcedores durante o encontro anual, em outubro, que evitem estas manifestações nas arquibancadas.

Manifestações da torcida também geraram uma multa ao Zenit St. Petersburg. O time russo terá que desembolsar 50 mil euros depois que a fumaça de sinalizadores, dos torcedores, causaram a interrupção por duas vezes da partida contra o APOEL, pela Liga dos Campeões, no dia 23 de novembro.

O clube também foi punido por conta de duas invasões da torcida ao gramado, no mesmo duelo contra o APOEL, e na partida contra o Shakhtar Donetsk, pela fase de grupos. O Zenit corria o risco de perder o mando de campo nas oitavas de final da Liga.