Entidade foi menos rigorosa, mas manteve a multa de 50 mil euros imposta ao técnico português

O Comitê de Apelações da Uefa decidiu nesta sexta-feira diminuir parcialmente a punição imposta ao técnico José Mourinho, do Real Madrid , ao suspendê-lo por três partidas e admitir um período de observação de três anos.

Em caso de bom comportamento nos três anos seguintes, o técnico merengue só estaria suspenso por dois jogos mais, porque já cumpriu uma partida na volta das semifinais da Liga dos Campeões. Na punição inicial, apenas o quinto jogo estava submetido a este período de prova. No entanto, a Uefa manteve a multa de 50 mil euros imposta a Mourinho e a de 20 mil euros ao clube merengue.

O Comitê de Controle e Disciplina impôs a punição de 5 partidas - os dois últimos submetidos a um período de observação de três anos - e 50 mil euros de multa ao técnico merengue por suas polêmicas declarações na entrevista coletiva após a partida de ida das semifinais da Liga dos Campeões contra o Barcelona. Em tal jogo, Mourinho foi expulso ao protestar pela expulsão do meia Pepe e na entrevista coletiva posterior se queixou de erros da arbitragem a favor do Barcelona.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.