Tamanho do texto

Jovens reclamam de um possível aumento na prostituição na cidade ucraniana de Kiev durante a competição que ocorre no ano que vem

EFE
Jovem é presa após fazer protesto de topless antes de sorteio da Euro 2012
Cinco jovens ucranianas tiraram a roupa diante do estádio olímpico de Kiev, nesta sexta-feira, em protesto contra o que disseram ser um plano de transformar a Ucrânia em um Euro-bordel na próxima Eurocopa, em junho de 2012.

O protesto das ativistas do grupo ucraniano de direitos das mulheres chamado Femen ocorreu do lado de fora do estádio. Logo depois, às 15h (de Brasília), a Uefa faria o sorteio dos grupos da Euro 2012 .

O Femen faz protestos de topless regularmente em Kiev para colocar em evidência o que considera "injustiça política, abuso social e exploração de mulheres" na Ucrânia.

As jovens mulheres, que usavam apenas calcinhas e meias compridas, gritaram palavras de ordem e ergueram cartazes condenando a Uefa antes de serem levadas pela polícia em uma van.

"Hoje queremos que os torcedores de futebol e (o presidente da Uefa) Michel Platini esqueçam o jogo com as bolas deles, porque precisamos estar cientes dos problemas sociais da Ucrânia e do fato de que a Ucrânia vai se tornar um Euro-bordel," disse a líder do grupo, Olexandra Shevchenko, de 22 anos.

Jovens protestam contra possibilidade de aumento de prostituição durante a Euro 2012
EFE
Jovens protestam contra possibilidade de aumento de prostituição durante a Euro 2012