Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Twitter é a grande fonte de polêmicas da geração Y do futebol

Tecnologia ajuda a passar o tempo nas concentrações, mas, sem cuidados, jogadores causam mal-entendidos

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Nada de jogadores pulando muro da concentração para cair na balada ou armando estratégias para driblar a segurança do hotel e levar mulheres pro quarto. Essas situações podem até ainda acontecerem no mundo do futebol, mas passaram a ser as exceções. As maiores polêmicas, atualmente, tem um culpado muito conhecido, o Twitter.

Os jogadores da mais nova geração sabem bem os problemas que podem enfrentar ao postarem algum comentário mal pensado em suas páginas no microblog. Alguma declaração que revele uma informação interna do clube é garantia de polêmica. E muitos detalhes da vida pessoal pode acarretar até em problemas de segurança. Por isso, cuidado é a ordem do dia.

“Eu me preocupo um pouco. Mais com a segurança da minha família. Vai saber o que uma pessoa má pode fazer com a gente. Então coloco que estou em casa, no shopping, mas não falo qual shopping. Tem um monte em São Paulo e fica difícil procurar”, diz o atacante do Corinthians , Dentinho .

Milton Trajano
Kleber, Felipão, Alex Silva e Jucilei: nomes do esporte que já se envolveram em polêmica pelo Twitter em charge de Milton Trajano

O técnico do São Paulo , Paulo César Carpegiani , aborda um aspecto positivo da ferramenta: “hoje o atleta profissional jovem gosta de ter um diálogo com o público, e o público também quer um estreitamento nessa relação jogador-torcedor, então ele abre espaço para que haja um diálogo”. Mas também avisa: “eu não vetaria esse tipo de coisa, não me incluo no que fazerm fora de campo, mas tomaria uma medida se houver qualquer inconveniente que atrapalhe o grupo”.

Serginho Chulpa, ex-atacante do São Paulo, do Santos e da seleção brasileira, mostra até saudosismo da sua época ao comentar os possíveis problemas causados pelo Twitter e outras tecnologias. “Hoje é internet, video game, Twitter. Hoje a molecada pssa o tempo com isso realmente. E causa polêmica sim. Por isso que eu gostava daqueles tempos, sem esse negócio de celular, tecnologia”.

No entanto, mesmo com os atletas sabendo de todos os perigos do Twitter, não é difícil enumerar uma série de polêmicas nascidas no site. Apenas entre os quatro grandes clubes de São Paulo, são vastos os exemplos. Relembra alguns dos mair marcantes:

Santos

Neymar já foi até alvo do STJD por postar a frase “Juiz ladrão vai sair de camburão” durante a partida em que o Santos foi derrotado pelo Vitória por 4 a 2, no Campeonato Brasileiro do ano passado. A maior polêmica envolvendo o clube do litoral, porém, aconteceu algumas semanas antes. Durante uma Twitcam após a vitória sobre o Grêmio Prudente, os reservas Madson, Zé Eduardo e Felipe discutiram com torcedores que fizeram piadas com eles .

Corinthians

Assim como os santistas, os corintianos organizaram uma Twitcam, liderados por Ronaldo Fenômeno . Apesar de terem levado as brincadeiras com bom humor, o episódio ficou marcado por ter acontecido às vésperas do confronto com o Tolima, na Colômbia, quando o time foi eliminado da Copa Libertadores. Também pelo Twitter, Ronaldo já teve mais de uma discussão com o ex-jogador Neto .

São Paulo

No clube do Morumbi, o responsável pelas polêmicas virtuais é o zagueiro Alex Silva . Primeiro, foi uma discussão com o meia Valdivia, do Palmeiras , depois do empate entre as duas equipes por 1 a 1 no Campeonato Paulista. Depois, cortado de um jogo por Carpegiani, o jogador postou uma série de frases reclamando do fato .

Palmeiras

O atacante Kléber não teve pudores e criticou abertamente o técnico Luiz Felipe Scolari , o Felipão. Reclamou das críticas do treinador ao próprio elenco, dizendo “nunca vi proteger a gente, mas vi ele proteger treinador de time rival”, em referência à declaração do treinador de que perderia o jogo contra o Corinthians para poupar o emprego do rival Tite. Poucas semanas depois, o atacante disse que o episódio serviu para aumentar a amizade entre os dois .

Leia tudo sobre: santoscorinthianssão paulopalmeirastwitter

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG