Atacante de 42 anos prometeu colocar o modesto clube carioca entre os maiores do Brasil e falou até em buscar vaga na Libertadores

Túlio na chegada ao Bonsucesso
Gazeta Press
Túlio na chegada ao Bonsucesso
O maior artilheiro do futebol mundial em atividade foi apresentado pelo Bonsucesso em uma churrascaria da Barra da Tijuca - Zona Oeste do Rio de Janeiro - nesta terça-feira. Aos 42 anos, Túlio Maravilha chegou aplaudido e prometeu colocar o modesto clube entre os maiores do Brasil.

Em busca do milésimo gol da carreira, Túlio está de volta ao futebol carioca após seis anos, quando defendeu o Volta Redonda.

Desde então, o atacante passou por Fast Club-AM, Canedense, Vila Nova, Itumbiara, Goiânia, Botafogo-DF, Potyguar Seriodense e Barras-PI, chegando ao gol 967, que é justamente o número que usará em sua primeira exibição pelo Bonsucesso. A ideia é que a cada gol a camisa mude a numeração, sendo 968 após o primeiro e assim por diante.

Os planos do veterano não são nada modestos. Além do desejo de atingir 995 gols, ele sonha com a conquista da Copa do Brasil de 2012, o que faria o time atingir a Copa Libertadores no ano seguinte: "O objetivo é ser campeão da Copa Rio e, com a conquista, já aviso que preferimos a vaga na Copa do Brasil do que a na Série D do ano que vem, porque assim podemos ter acesso à Libertadores. É ano do centenário do Bonsucesso. Tudo pode acontecer. Não tenho porque não acreditar. Minha carreira é feita de desafios".

Túlio disputará a Copa Rio pela equipe da Leopoldina a partir do dia três de setembro, quando enfrenta o São João da Barra. O campeão e o vice desse torneio garantem vaga em disputas nacionais de 2012.

O contrato terá validade até o final do ano, o que impediria Túlio de disputar a primeira divisão do Campeonato Carioca na próxima temporada, para a qual o Bonsucesso conquistou a classificação.

Segundo o atacante, o cargo de vereador em Goiânia-GO, não atrapalhará mais seus planos: "Pela primeira vez pedi licença da Câmara Municipal de Goiânia para me dedicar somente ao futebol, o que não tinha acontecido desde que eu assumi o cargo. Estou muito feliz de voltar ao Rio de Janeiro e espero fazer uma boa Copa Rio pelo Bonsucesso. A imprensa vai ter muito o que falar, pois o Rei do Rio voltou".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.