Treinador do Flu lembra pouco tempo de pré-temporada, mas mantém otimismo na evolução do time

Bastaram alguns tropeços do Fluminense no início da Taça Guanabara para que faixas com pedidos de saída do técnico Abel Braga fossem vistas no estádio. Pressionado por parte da torcida por conta do elenco milionário que o time das Laranjeiras montou para a temporada, o treinador diz que já esperava dificuldade nas primeiras partidas do ano, em função do curto tempo de preparação.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O começo não surpreende. As outras equipes, com mais tempo, chegam com uma preparação muito melhor que a nossa. Com exceção do Vasco, que quase não teve mudanças na equipe, a gente viu que o Flamengo passou dificuldades, o Botafogo passou, e nós também. Ainda estamos buscando o melhor entrosamento. Tudo isso leva um pouquinho de tempo, mas não surpreende", declarou Abel Braga.

Leia mais: Com dores no tornozelo, Deco está fora do jogo contra o Bangu

Com 10 pontos, na terceira colocação do grupo B, o Fluminense ainda tem chances de classificação às semifinais do primeiro turno. Para isso, precisa vencer o Bangu no próximo sábado, às 19h, e torcer por um tropeço do Boavista contra o Vasco, no mesmo dia e horário, no estádio Engenhão.

Mas além da vaga, o técnico Abel Braga busca resolver outro problema no Fluminense: a irregularidade. Em três partidas, o time das Laranjeiras saiu na frente, mas levou o empate ou virada depois de abrir o placar. Manter o mesmo desempenho até o final dos jogos é o objetivo do comandante tricolor.

Veja mais: Para recuperar espaço, Lanzini evita pensar no final do contrato

"A preocupação maior é em relação a nós mesmos. Fizemos alguns tempos ótimos, mas se íamos bem no primeiro, no segundo caia, ou o contrário. É nisso que acho que precisamos deixar de oscilar. Eu acredito que como um todo, a melhor partida que fizemos foi essa com o Americano. Mesmo depois de sofrer o gol de empate, não desarrumou, o que mostra uma evolução e maturidade grande", disse o técnico do Fluminense, que mantém o otimismo sobre a evolução da equipe.

"É bom deixar claro, nada está perdido. Estamos com muita confiança e muita convicção de que vamos voltar a apresentar aquele futebol bonito. Quem sabe amanhã a gente já possa fazer um grande jogo. Mesmo o momento não sendo o melhor a nível de espetáculo, a entrega é muito boa", finalizou.

Ajude o time do Fluminense a subir no ranking da Torcida Virtual

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.