Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Trocar camisa com Ronaldinho vira assunto proibido no Olímpico

Jogadores do Grêmio prometem jeitinho para evitar “gafe” contra Flamengo no domingo

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Gilberto Silva ignorou a pergunta, repetida por três vezes. Rafael Marques, às gargalhadas, revelou um jeitinho. De diferentes formas, os jogadores do Grêmio indicam ter o mesmo comportamento contra o Flamengo, domingo, às 16h, no Olímpico: nenhum quer cometer a “gafe” de trocar a camiseta com o desafeto da torcida tricolor.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

A situação foi levantada por jornalistas e teve como base o clima de protesto criado para a partida – gremistas prometem vaiar, levar faixas com a inscrição “Pilantra” e cantar a música “Vou festejar” em repúdio ao camisa 10 rubro-negro. Tudo porque ele saiu de forma polêmica ao PSG, em 2001, e, em janeiro, ao decidir voltar ao Brasil, preferiu o time carioca. Há o sentimento de traição.

“Nosso foco maior é o jogo, dentro do campo. A melhor forma de protestar é ajudar a equipe do Grêmio a vencer o jogo”, disse Gilberto Silva.

A melhor resposta foi de Rafael Marques:

"Não posso. Prometi trocar a minha com o Junior Cesar, meu amigo”.

O “jeitinho” provocou risos do próprio jogador e dos jornalistas mesmo que ele tenha sido companheiro do lateral esquerdo em 2006 no Botafogo. Após a insistência, o zagueiro disse:

“Ronaldinho? Não..."

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011ronaldinho gaúcho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG