Antes da final, campeão protagonizou tumulto que paralisou semifinal contra o Botafogo, que foi à Justiça

O Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD-PB) anulou o título estadual que o Treze conquistou há nove dias, ao bater o Campinense. O clube foi julgado e perdeu os três pontos que conquistou na semifinal, diante do Botafogo. Com isso, não há mais um campeão local oficial.

Na partida em questão, após conseguir fazer 4 a 0 - resultado que garantia a classificação - o Treze protagonizou uma confusão generalizada e teve três de seus jogadores expulsos. Depois, outros dois ainda saíram por lesão, ocasionando a interrupção do jogo por insuficiência de jogadores.

O Botafogo entrou na Justiça, alegando infração prevista no artigo 205 do CBJD (Impedir o prosseguimento de partida, prova ou equivalente que estiver disputando, por insuficiência numérica intencional de seus atletas ou por qualquer outra forma). Além de perder os três pontos, o Treze ainda foi multado em 20 mil reais.

O Galo da Borborema, porém, promete recorrer. O departamento jurídico do clube vai protocolar um recurso com efeito suspensivo. A medida suspende, automaticamente, os efeitos da decisão, até novo julgamento, desta vez no pleno do próprio TJD. Se desejar, o Treze ainda pode recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro.

Se a decisão for mantida, o Treze, campeão do primeiro turno, terá que esperar o resultado da final do returno, entre Botafogo e Campinense, para jogar a grande decisão. Com a confusão, a Paraíba pode ficar sem um representante na Série D do Brasileiro, já que o prazo para inscrições acabou nesta segunda-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.