Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Três torcedores são indiciados por briga no estádio Beira-Rio

Três pessoas foram esfaqueadas em jogo festivo. Clube anunciou a exclusão de duas torcidas

iG Porto Alegre |

Vipcomm
Torcidas do Inter foram excluídas
Três torcedores do Inter foram indiciados pela briga após o jogo festivo de despedida do ex-atacante Fabiano Souza. A partida organizada no dia 7 de dezembro, no Beira-Rio, terminou com uma pancadaria generalizada na arquibancada inferior do estádio. Alguns torcedores portavam objetos cortantes (estiletes).

As câmeras de segurança do Beira-Rio ajudaram a identificar três torcedores: Jorge Roberto Gomes Martins, líder da Guarda Popular, Ranieri Tafernaberri Cardozo e Rodrigo Cesar Candria Borges. Os dois primeiros foram indiciados por tentativa de homicídio e formação de quadrilha. O último foi indiciado por formação de quadrilha. Também foi solicitado que os três fiquem proibidos de entrar no estádio por um ano.

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

Quatro pessoas ficaram feridas na confusão. Três foram esfaqueadas. A polícia ouviu 20 testemunhas antes de concluir o inquérito. Um dia depois da briga, o Inter anunciou a exclusão das duas torcidas: a Guarda Popular e a Popular do Inter. 

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos 

Leia tudo sobre: InternacionalBeira-Riobriga

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG