Sem opções ofensivas, Renato Gaúcho pretende resgatar formação usada em 2010

A partir das 15h30min desta segunda-feira, o técnico Renato Gaúcho deve comandar o treino mais importante do Grêmio para enfrentar o Leon, quinta-feira, pela Libertadores. Sem muitas opções ofensivas, o treinador deve resgatar a formação com um atacante usada logo após a sua contratação em agosto de 2010.

Isto porque André Lima passou por cirurgia no joelho direito, sábado, e teve o tempo de recuperação aumentado por dois meses – a previsão inicial era de 40 dias . Junior Viçosa cura uma virose. Wesley e Lins não estão inscritos o torneio sul-americano. Então, sobram Diego Clementino e Borges.

A tendência é a utilização da formação 4-5-1, com Borges isolado na frente, com Clementino ficando no banco de reservas. O esquema foi elogiado pelo treinador durante a semana e após a derrota para o Cruzeiro, pelo Gauchão, no sábado .

O Grêmio começa a viagem a Huánuco, local da partida, na terça-feira. Passará o dia em Lima, capital peruana, onde deve ter outro trabalho. Quarta haverá a última atividade antes do jogo, mas dificilmente será tática, pois no mesmo dia ocorrerá o deslocamento para a cidade do jogo.

Em 2010, Renato usou o esquema com um atacante em três jogos. Somou uma vitória e duas derrotas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.