Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Treinador assume culpa por derrocada do Arsenal

"Eu escalo o time e escolho os jogadores", afirmou Arsène Wenger. Clube está a nove pontos do Manchester United

Gazeta |

O principal perseguidor do líder Manchester United no Campeonato Inglês desta temporada foi o Arsenal, mas, após a derrota para o Bolton, no domingo, o Chelsea assumiu a segunda colocação. O técnico do time londrino, Arsène Wenger, admite que o título ficou difícil, e assumiu a culpa pela derrocada.

"As chances são mínimas agora, com certeza, mas temos que continuar brigando. Se há alguém para culpar, sou eu. Eu escalo o time e escolho os jogadores. Acho que eles tiveram um excelente comportamento nesta temporada. Os culpados não podem ser eles", pediu.

A nove pontos do primeiro colocado, faltando apenas cinco rodadas para o final, Wenger lamenta as chances perdidas principalmente na última semana. Contra Liverpool, Tottenham e Bolton, ele planejava conquistar três vitórias, mas conseguiu apenas dois empates.

"É muito frustrante porque deveríamos chegar com nove pontos e chegamos com apenas dois. É uma das sequências mais fáceis que tínhamos em muito tempo e não aproveitamos nossas chances", reclamou.

A derrocada, porém, não começou no empate por 1 a 1 com o Liverpool no final de semana passado. O Arsenal venceu apenas uma das últimas sete partidas da Premier League. Com muitos jovens no elenco, o francês diagnostica que faltou maturidade à equipe.

"Ainda nos falta maturidade, experiência e calma em situações importantes", concluiu.

Leia tudo sobre: Futebol MundialInglaterraArsenalArsène Wenger

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG