Tamanho do texto

Di Canio, técnico do Swindon Town, declarou que Leon Clarke não defende mais o clube após a briga

Recém-contratado pelo Swindon Town, time da quarta divisão do futebol inglês, Leon Clarke não voltará a defender as cores do clube após o incidente da última quarta-feira. O jogador brigou com o treinador Di Canio após a derrota por 3 a 1 contra o Southampton, válida pela Copa da Liga Inglesa.

Após o incidente, o técnico italiano disparou contra o jogador, dizendo que "ele não merece usar a camisa do Swindon Town diante dos torcedores". O atacante foi afastado após o treinador declarar que ele não é profissional.

"Aqui nós somos profissionais, e ele não quis ser profissional. Nós trabalhamos duro, e ele não quis trabalhar", justificou Di Canio, que colecionou polêmicas durante a carreira como jogador e assumiu o time há apenas três meses.

Clarke discutia com o preparador físico Claudio Donatelli quando o treinador decidiu intervir e separar a briga. O vídeo, capturado pela televisão, mostra o italiano conversando com o jogador, ainda revoltado. Quando o treinador puxou o inglês pela camisa a confusão se agravou, resultando na briga.

Veja o vídeo da discussão:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.