Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Trapattoni aceita reduzir salário na Irlanda

Federação Irlandesa passa por problemas financeira, reflexo da crise econômica vivida pelo país. Italiano está no comando da equipe desde 2008

Agência Estado |

O técnico Giovanni Trapattoni aceitou uma redução de 5% do seu salário de técnico da seleção irlandesa para ajudar a federação local de futebol a enfrentar a crise econômica. Especula-se que o italiano receba 1,8 milhão de euros (cerc de R$ 4 milhões) anuais.

O treinador disse à edição desta quarta-feira do jornal "Irish Times" que os seus auxiliares, entre eles Marco Tardelli, também estão dispostos a reduzir o salário.

Trapattoni explicou que aceitou a medida depois de reunir-se com John Delaney, o secretário-geral da federação irlandesa. De acordo com o Irish Times, a entidade teria dívidas que superariam os cerca de 50 milhões de euros.

Trapattoni, de 71 anos, dirige a seleção da Irlanda desde 2008. O país se encontra em meio a uma recessão e acaba receber um pacote de ajuda financeira por parte da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional.

Leia tudo sobre: futebol internacionalirlandatreinadores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG