Sacudida por diversos escândalos nos últimos meses, entidade máxima do futebol já se menifestou sobre as críticas recebidas

A organização Transparência Internacional afirmou, nesta terça-feira, que a Fifa (Federação Internacional de Futebol) deveria mudar seu funcionamento, considerado "opaco".

"As atividades da maior entidade do futebol sempre foram opacas", explicou a Transparância Internacional num relatório de 12 páginas. A organização sugere que a Fifa elabore um código de conduta. Ela também pede para que a entidade revele potenciais conflitos de interesses e melhore a fiscalização das doações. Outras recomendações foram feitas em relação à eleição dos dirigentes, à duração dos seus mandatos e à maneira pela qual são tomadas as decisões mais importantes.

A Fifa reagiu a esse relatório ao declarar que estava "determinada a melhorar sua organização ao mostrar mais transparência no seu funcionamento e uma tolerância zero em relação à corrupção". A entidade, que foi sacudida por diversos escândalos nos últimos meses, também explicou que "muitas das recomendações do relatório já estão sendo aplicadas".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.