Adriano poderia chegar via parceria, mas empresa descarta contratações de peso na equipe paulista

O objetivo do presidente do Palmeiras , Arnaldo Tirone, de reaproximar o clube e a Traffic foi cumprido pela metade. Nesta quinta-feira, o mandatário da empresa, Julio Mariz, confirmou que houve novas conversas entre as partes, mas descartou qualquer reforço de peso a curto prazo.

Segundo Mariz, é necessário que os torcedores não criem expectativas. Chegou a se especular que Adriano, atacante da Roma, desembarcaria no Palestra Itália com a ajuda da empresa, que também foi essencial na chegada de Ronaldinho Gaúcho à Gávea.

“Com relação a contratações, o torcedor do Palmeiras não deve criar expectativas para o curto prazo. Não houve afastamento, mas apenas uma pausa por causa das eleições que aconteceram no clube. Já está tudo normal”, disse Mariz em entrevista à "Rádio Globo".

Na última quarta-feira, o empresário de Adriano, Gilmar Rinaldi, também descartou a possibilidade de atleta fazer dupla com Kleber.

Apesar disso, a intenção do Palmeiras ainda é contratar um camisa 9. Na última quarta, Miguel, atacante da base, foi promovido e passará por testes com Felipão. Luís Fabiano e Grafite são outros nomes comentados no clube. O problema é que o clube não pretende gastar muito dinheiro em salários. Até por isso fica no aguardo de uma nova parceria para que o sonho se concretize.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.