Clube discorda da escolha do rival West Ham como futuro administrador do estádio dos Jogos de Londres

O Tottenham iniciou, nesta quarta-feira, os procedimentos legais para reverter a decisão que deu ao rival West Ham o direito de herdar o Estádio Olímpico de Londres após os Jogos que serão disputados no próximo ano na capital inglesa.

No mês passado, o Comitê de Legado do Parque Olímpico (OPLC, na sigla em inglês) elegeu o West Ham na disputa direta com o Tottenham como dono da melhor proposta para se tornar o inquilino do estádio avaliado em 486 milhões de libras (cerca de US$ 777 milhões) e que fica localizado ao leste de Londres.

A OPLC revelou que recebeu uma carta do Tottenham, na qual o clube oficializa que irá pedir pela revisão do processo que beneficiou o West Ham. O comitê, porém, se mostrou convicto em manter a decisão já tomada.

"Temos sido coerentes, justos, objetivos e absolutamente iguais nas nossas relações com os candidatos (a herdar o estádio) do começo ao fim", disse a OPLC por meio de um comunicado. "Nós estamos confiantes de que, se este processo de revisão judicial prosseguir, a nossa abordagem (decisão que favorece o West Ham) será inteiramente justificada pelo juiz", reforçou.

Um juiz irá analisar a decisão tomada pela OPLC, que tem quatro semanas para responder por escrito à carta enviada pelo Tottenham.

O West Ham acabou vencendo a disputa pelo Estádio Olímpico após prometer reduzir a capacidade do local, que será de 80 mil assentos na Olimpíada, para 60 mil e também usá-lo como uma arena multiuso que irá conservar a sua pista de atletismo.

Estádio Olímpico de Londres teve suas obras concluídas na última terça-feira
EFE
Estádio Olímpico de Londres teve suas obras concluídas na última terça-feira
Já o Tottenham também havia proposto reduzir a capacidade do grandioso palco para 60 mil pessoas, mas anunciou que pretendia acabar com a pista de atletismo e adequar o local aos padrões dos estádios ingleses, cujas cadeiras costumam ficar próximas ao gramado. A proposta não agradou aos dirigentes do Comitê Olímpico Internacional (COI), que recebeu do West Ham a promessa de preservar o legado do Estádio Olímpico para Londres, fazendo do local também um palco para futuras provas de atletismo.

O Comitê de Legado do Parque Olímpico alega que "realizou um processo muito rigoroso e transparente" para escolher o herdeiro do Estádio Olímpico, que abrigará a cerimônia de abertura e fechamento da Olimpíada e também as competições de atletismo da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.