"Prefiro esquecer o que aconteceu. Doze gols em uma temporada não são nada para mim", disse o espanhol

Reuters
Fernando Torres teve uma temporada abaixo da média após a tranferência para o Chelsea
No fim de janeiro, o Chelsea pagou 50 milhões de libras, cerca de R$ 129 milhões, para tirar o atacante Fernando Torres do Liverpool . A transferência recorde entre clubes britânicos resultou em apenas um gol após 19 partidas. O espanhol garante que esteve em seu pior nível desde que saiu do Atlético de Madrid rumo à Inglaterra, em 2007.

Ele afirmou em entrevista ao The Sun que não jogou em 100% de condições físicas em nenhuma partida na temporada, graças à lesão sofrida no fim da Copa do Mundo da África do Sul, vencida pela seleção espanhola. "Prefiro esquecer o que aconteceu. Doze gols em uma temporada não são nada para mim", comentou.

"No entanto, não me arrependo de ter assinado com o Chelsea. Quando essa máquina estiver em ritmo total, será difícil de ser batida. Eu vejo muitos gols chegando. Manchester United é o atual campeão, mas insisto que nós seremos os maiores candidatos a tirar o título deles", completou.

Torres passou quatro anos em Liverpool antes de se mudar a Londres e ainda nutre carinho pela torcida vermelha. "Sempre vou manter os fãs do Liverpool no meu coração, assim como todos os momentos extraordinários que eu tive em Anfield, mas a única coisa que quero agora é vencer com o Chelsea", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.