Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Torres pode ficar no banco na estreia do Chelsea na Liga dos Campeões

Mesmo sem Drogba, o técnico André Villas-Boas não deve escalar o espanhol, que está em má forma

EFE |

O técnico português André Villas-Boas deverá decidir na terça-feira se escala Fernando Torres no ataque do Chelsea que enfrentará o Bayer Leverkusen, em Stanford Bridge, no jogo de abertura da Liga dos Campeões.

A irregular forma física do atacante madrilenho é a principal preocupação na cabeça do treinador, que já deixou Torres no banco na vitória contra o Sunderland por 2 a 1 no Campeonato Inglês. Desde sua incorporação ao clube inglês em janeiro, Torres, ex-goleador do Liverpool, não convence. A falta de gols com a camisa azul foi questionada pelos meios de comunicação britânicos, pela torcida e fez com que o atacante perdesse a titularidade do clube no fim de semana passado.

Com o técnico mais jovem do torneio com 33 anos, o Chelsea continua na terceira posição da liga inglesa, a dois pontos do Manchester United e do Manchester City, primeiro e segundo colocados da competição respectivamente.

Para a estreia desta terça-feira está confirmado que Vilas-Boas não contará com a presença do brasileiro Ramires (suspenso) e do atacante Didier Drogba devido a um machucado na cabeça.

Do outro lado, o Bayer Leverkusen chega ao duelo contra o Chelsea justo quando parece ter encontrado seu futebol ideal, com a goleada por 4 a 1 sobre o Augsburgo pelo Campeonato Alemão.

O Leverkusen, antes do jogo contra o Augsburgo, havia se mostrado uma equipe forte na defesa, mas com um ataque que deixava a desejar, porém Kiessling e os outros atacantes trataram de mudar esse quadro nos últimos jogos.

Leia tudo sobre: futebol mundialchelseainglaterra

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG